Verão 2020: veja previsões e como aproveitar a estação mais quente do ano com a sua família

O verão começou oficialmente nesta segunda-feira, 21, e promete muita chuva. Uma coisa é certa: ainda tomando todos os cuidados por causa da pandemia, é possível curtir e se refrescar muito com a família

Resumo da Notícia

  • O verão começou oficialmente nesta segunda-feira, 21
  • A estação mais quente do ano promete muitas chuvas
  • Veja como aproveitar com a sua família

Agora é oficial: o verão começou e ele veio com tudo! Nesta segunda-feira, 21 de dezembro, às 7h02, o hemisfério sul deu as boas-vindas à estação mais quente do ano, que promete trazer rápidas mudanças no tempo mas que provavelmente não vai bater recordes nos números de temperaturas elevadas.

-Publicidade-

O verão vem com fortes possibilidades de chuvas, granizo e ventos moderados a fortes em grande parte do país. As chuvas da estação já são velhas conhecidas e, segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), elas são frequentes em todas as regiões do Brasil, “exceto no extremo sul do Rio Grande do Sul, nordeste de Roraima e leste do Nordeste”. As informações são da CNN.

Já que a estação promete esquentar as casas das famílias e é ainda mais necessário respeitar o isolamento social por causa da segunda onda de coronavírus, o ideal é exagerar na hidratação, ficar em casa e curtir os dias com a família. Para refrescar, a dica é: brinque com água!

(Foto: Getty Images)

Os benefícios de brincar na água

“Brincar na água é uma atividade sensório-motora excelente, e as crianças acham muito divertido”, diz Lee Scott, Presidente do Conselho Consultivo Educacional da The Goddard School, nos EUA. Ela acrescenta que, à medida que as crianças brincam com água, elas desenvolvem habilidades em “exploração científica, matemática, habilidades motoras grossas e finas e expressão criativa”.

Brincar na água também pode promover o desenvolvimento da linguagem e socioemocional, diz Wilson. “A linguagem pode ser modelada e reforçada por meio de brincadeiras na água, uma vez que fornece um tempo para falar, se comunicar e fazer perguntas abertas”, diz ela. Os pais podem ajudar incentivando a troca de ideias e convidando os filhos a compartilhar o que estão fazendo. Por exemplo: “O que você planeja fazer com a escova? O que pode acontecer quando você colocar a esponja na água?”.

Finalmente, dependendo da atividade que você escolher, brincar na água pode ter um efeito calmante. “Pegar, derramar e peneirar pode ter a capacidade de relaxar crianças pequenas e até adultos. Desfrute da tranquilidade de brincar na água ”, diz Wilson.

Veja algumas brincadeiras para fazer com seu filho:

Transferência de água

Ensine ao seu filho conceitos matemáticos e científicos com uma atividade simples de transferência de água. Usando pás, colheres grandes, baldes ou esponjas, ele pode mover a água de um recipiente para outro. Ele também pode contar quantas colheres de água ou esponjas cheias são necessárias para completar a transferência. “Por meio dessa exploração fácil de fazer, as crianças aprendem conceitos matemáticos sobre contagem e medição de volume”, diz Wilson.

Experiência de afundar ou flutuar

Scott recomenda um experimento “flutuar ou afundar”, no qual as crianças colocam pequenos itens na água para ver o que afunda e o que flutua. Os objetos podem incluir brinquedos para o banho, pedras, moedas, galhos, utensílios de cozinha, bolas de borracha, folhas, tampas de garrafas, botões, chaves e rolhas. Você pode fazer esse experimento em qualquer lugar, seja na banheira, na pia da cozinha ou em um balde.

O “experimento afundar ou flutuar” ensina os conceitos científicos de flutuação e densidade (os objetos irão flutuar se tiverem uma densidade inferior à da água). As crianças também terão algum jogo sensorial se você escolher itens com texturas diferentes. Finalmente, as crianças mais velhas também podem adivinhar se cada item irá afundar ou flutuar, o que as apresenta ao conceito de fazer uma hipótese.

Pintura na água

Seus filhos se sentirão como um agente secreto com esta atividade de pintar na água! Veja como fazer isso: faça com que seu filho se sente na calçada, no quintal ou em outra superfície de concreto (tem que ser escuro!). Dê a ele um balde d’água e um pincel e deixe-o desenhar no chão. Os desenhos secarão rapidamente sob o sol para ensinar o conceito de evaporação. As crianças também desenvolvem habilidades motoras finas e exercitam a criatividade com pinturas na água.

(Foto: Getty Images)

Aperte, retire, esfregue

Nesta atividade de brincar na água, você simplesmente dá itens ao seu filho enquanto ele está na banheira ou na piscina. Wilson tem algumas recomendações: uma vasilha de comida, uma variedade de colheres ou copos medidores, garrafas de esguicho, esponjas, escovas de limpeza, bonecas, carrinhos de brinquedo e brinquedos de banho. Você também pode adicionar um elemento de diversão com bolhas, acrescenta ela.