Vídeo de enfermeira abraçando as filhas após dois meses longe de casa é de emocionar

Prepare os lencinhos! Mãe solo de duas meninas, Suzanne Vaughan passou nove semanas trabalhando em turnos seguidos em um hospital de Nortfolk, na Inglaterra, para cuidar de pacientes contaminados com o coronavírus

Resumo da Notícia

  • Após 2 meses, uma mãe finalmente pôde abraçar as filhas
  • Suzanne é mãe solo e enfermeira na linha de frente contra o coronavírus
  • O momento do reencontro rendeu um vídeo muito emocionante
Mãe reencontra filhas após dois meses longe (Foto: Reprodução / Vídeo)

Prepare os lencinhos porque você vai se emocionar! Após dois meses sem poder ficar perto das filhas, uma enfermeira que atua na linha de frente contra o coronavírus pôde, finalmente, abraçar suas duas filhas.

-Publicidade-

Trabalhando em Nortfolk, na Inglaterra, Suzanne Vaughan passou nove semanas trabalhando em turnos seguidos no front para cuidar de pacientes contaminados com o coronavírus.

Mãe solo de duas meninas, Suzanne precisou ficar longe das filhas para não contaminá-las e resolveu deixá-las na casa da irmã. “Foi uma decisão difícil, mas foi um sacrifício que precisava ser feito”, ela contou.

-Publicidade-

Depois de dois meses longe, Suzanne conseguiu preparar uma surpresa para ficar perto das filhas e abraçá-las: ela se escondeu atrás do sofá por algum tempo e o resultado desse encontro tão esperado é um vídeo incrível! Assista na íntegra:

Novo aplicativo Pais&Filhos Interativo: teste seus conhecimentos, acumule pontos para trocar por prêmios e leia conteúdos exclusivos! Para baixar, CLIQUE AQUI.

-Publicidade-