Vídeo de mãe reencontrando filha após superar coronavírus vai melhorar o seu dia!

A médica Natália Kairala entrou em isolamento logo que sentiu os primeiros sintomas e na sequência recebeu a confirmação do teste positivo. Ela ficou 14 dias longe da filha, Maria Eduarda, de cinco anos, e apareceu de surpresa no fim da quarentena

Resumo da Notícia

  • Natália Kairala é médica e faz parte da linha de frente num hospital em Brasília
  • Logo que sentiu os primeiros sinais de coronavírus, se isolou
  • A médica sentiu dores musculares, calafrios e perda de olfato
  • Apesar de não ter febre, ela testou positivo para a covid-19
  • Depois de 14 dias longe da filha, o reencontro foi cheio de abraços e beijos
  • Veja o vídeo
Natália Kairala é médica e faz parte da linha de frente num hospital em Brasília (Foto: Getty Images)

Profissionais como médicos e enfermeiros estão na linha de frente na luta diária contra o coronavírus no mundo inteiro e, infelizmente, muitos deles acabam contaminados. Foi o caso da médica Natália Kairala, de 27 anos, e que é mãe da pequena Maria Eduarda, de 5 anos.

Após 14 dias de isolamento social longe de todos da família, ela reapareceu curada e saudável e o vídeo do reencontro entre mãe e filha é de emocionar qualquer um! “Ela não sabia que eu ia aparecer. Quando cheguei, ela parecia não acreditar”, ela lembra em entrevista ao UOL.

“Foi mágico, emocionante”, ela ainda completa. Segundo a reportagem, Natália se emociona até hoje ao ver a gravação (assista abaixo), em que a menina corre assim que enxerga a mãe vindo e dá um abraço demorado nela, enche de beijos e ainda entrega um pedaço de bolo de chocolate. “Ficar sem ela com certeza foi a coisa mais difícil que fiz na minha vida”, entrega.

Depois de muitos abraços e beijos, a menina ainda deu um pedaço de bolo de chocolate para a mãe (Foto: Reprodução / Youtube / UOL)

O coronavírus

Médica do Hospital Materno Infantil de Brasília, Natália começou a sentir sintomas do coronavírus como dores musculares, calafrios e perda de olfato e logo resolveu se isolar, mesmo em  resultado do exame em mãos. Apesar de comum, ela não teve febre e dias depois, recebeu o positivo para a covid-19.

“Foi um dos momentos mais angustiantes da minha vida, só pensava na minha filha. É muito difícil ficar isolado. A todo tempo eu ficava ansiosa: será que passei o vírus para ela?”, lembra em entrevista.

Veja o vídeo abaixo:

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!