Vídeo: Jovem de 14 anos é baleada ao defender pai em tentativa de assalto

A menina foi encaminhada ao hospital, e passou por uma cirurgia

Resumo da Notícia

  • Uma menina de 14 anos foi baleada
  • A jovem estava defendendo o pai em um assalto
  • Os assaltantes tentavam roubar o carro da família

Uma adolescente de 14 anos levou um tiro ao tentar defender o pai em uma tentativa de assalto. As imagens foram gravadas pelas câmeras de segurança dos vizinhos, e mostra os 3 rapazes cercando a casa do pai e depois abordando o homem. O caso aconteceu no Riacho Fundo 2, no Distrito Federal.

-Publicidade-

O Correio Braziliense entrevistou o pai da adolescente, o vigilante Paulo Sérgio da Silva, 49, que deu detalhes do ocorrido. Paulo mora com os dois filhos, a adolescente e uma criança de 11 anos, e a mãe, uma idosa. Por causa de um AVC, o homem fica em casa com a família.

No dia do crime o homem estacionou o carro do lado de fora da casa como de costume, e mais tarde quando foi guardar o carro na garagem percebeu que os 3 rapazes estavam indo e voltando na rua. “Sou muito observador e, quando vi pelo retrovisor, imaginei que esses três homens estariam procurando alguma casa para roubar. Vi que eles passaram pela minha casa, olharam, depois passaram em frente a casa da vizinha e dobraram o beco”, contou.

Momento em que os meninos entram na casa do pai
Momento em que os meninos entram na casa do pai (Foto: Reprodução/Correio Braziliense)

A filha de Paulo chegou poucos minutos depois em casa e não notou qualquer atitude. Paulo, que estava do lado de fora, acabou sendo surpreendido pelos criminosos. “Eu não imaginava que eles fossem retornar”, frisou. Ameaçado por três assaltantes e com a arma apontada para a cabeça, Paulo pedia a todo instante para que os autores preservassem a família dele. “Eu gritei e disse para a minha filha que estavam roubando nossa casa. Ela apareceu na janela e decidiu sair para tentar me salvar”, disse.

A adolescente que viu toda a cena da janela de casa, decidiu intervir e na hora o pai contou que houve um ‘empurra empurra’, e os ladrões dispararam no tórax da jovem. Paulo tentou ir atrás dos meninos porém sem sucesso, quando retornou para casa a filha já havia sido encaminhada para o hospital. Para assistir o vídeo clique aqui!

“Atiraram para matar. Mas Graças a Deus minha filha está bem e eu só quero Justiça”, finalizou. A investigação está à cargo da Polícia Civil do DF. Até a última atualização desta reportagem, ninguém havia sido preso.