Vídeo mostra criança autista sendo agredida em clínica e mães pedem justiça: “Mexeu com todos”

A agressão aconteceu durante uma consulta terapêutica

(Foto: Getty Images)

Na última quinta-feira, dia 23 de maio, um vídeo viralizou nas redes sociais e chocou muitas mães. Isso porque, nele uma criança autista de dez anos é agredida em uma clínica em Castanhal, Belém, durante uma consulta terapêutica. A mãe do garoto procurou a promotora quando percebeu que era seu filho e disse que depois das imagens, descobriu que a atitude é uma prática que já existia há algum tempo.

-Publicidade-

De acordo com o portal O Liberal, as mães do grupo Mãe Mundo Azul se juntaram e se posicionaram contra o ocorrido. Em nota, as mulheres que têm crianças autistas em casa, definiu o acontecimento como “grave ocorrência de violações de Direitos Humanos e de Direitos da Pessoa com Autismo“.

(Foto: Reprodução / Instagram)

“Nós, mães de crianças com autismo, unidas em torno do GRUPO DE MÃES MUNDO AZUL, recebemos na data de hoje, 23 de maio de 2019, as estarrecedoras imagens de agressão explicita a uma criança já identificada em nossas redes como pessoa com autismo. O fato noticiado na mídia apresenta a ocorrência de violência física e psicológica em clinica terapêutica localizada no município de Castanhal. Tais situações indicam a grave ocorrência de violações de Direitos Humanos e de Direitos da Pessoa com Autismo. Merecem não somente o repúdio da sociedade, mas uma apuração minuciosa e punição exemplar para que tais ações não ocorram novamente.
O GRUPO DE MÃES MUNDO AZUL estará atento e acompanhando os desdobramentos deste caso, exercendo assim o inalienável direito de toda mãe de exercer a proteção de seu bem mais precioso: nossos filhos!
Mexeu com um, mexeu com todos!”, escreveu as mães no Instagram do grupo. Olha só:

-Publicidade-

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Grupo de Mães Mundo Azul (@grupomundoazul) em

Dá uma olhada no vídeo:

Leia também:

Família faz relato de agressão a criança em escola; polícia investiga a denúncia 

Mãe de menino autista faz apelo na web e ganha “Netflix personalizada” para o filho

Aprenda a identificar os primeiros sinais do autismo 

    -Publicidade-