Vídeo mostra momento em que cobra de 3 metros sai de prateleira de supermercado na Austrália

O momento foi gravado por Helaina Alati, uma mulher que vive em Sidney e felizmente tem experiência em lidar com vários tipos de cobras

Resumo da Notícia

  • Helaina Alati registrou o momento em que uma cobra de 3 metros saiu de dentro de uma prateleira de supermercado
  • O animal era uma píton-diamante não venenosa
  • O caso aconteceu na Austrália na última quarta-feira

Já imaginou estar em um supermercado fazendo compras e, do nada, se deparar com uma cobra enorme saindo de dentro das prateleiras? Foi o que aconteceu com Helaina Alati, uma mulher que vive na Austrália. Ela estava passeando por entre as gôndolas quando viu uma píton-diamante de 3 metros.

-Publicidade-

“Eu estava no corredor de temperos apenas procurando algo para colocar no meu frango naquela noite, então eu não a vi inicialmente, porque ela estava enrolada atrás dos pequenos potes”, Helaina contou. “Eu meio que virei para a direita e ela colocou a cabeça para fora”. O caso aconteceu na última quarta-feira, 18 de agosto.

A coincidência da história é que a mulher é uma caçadora de cobras treinada e pôde reconhecer que aquele animal não era venenoso. “Felizmente, tenho experiência em cobras, então fiquei bem calma. Definitivamente me chocou um pouco, porque eu não estava esperando por isso”, disse. A cobra chegou a ficar a menos de 20 centímetros da cabeça dela.

(Foto: Reprodução G1)

Após o acontecimento, os fatos foram confirmados pela própria rede de supermercado Woolworths, que disse que um “cliente escorregadio e raro foi avistado no corredor de temperos” na unidade que fica nos subúrbios de Glenorie, na periferia noroeste de Sydney. “Assim que ele foi avistado, os membros da nossa equipe reagiram com rapidez e calma para isolar a área para a segurança dos clientes”, o comunicado esclareceu.

A mulher filmou a cobra antes de avisar o pessoal do mercado que aquele animal não faria mal nenhum e que ela iria até a casa dela buscar sua maleta com ferramentas específicas para capturar o bicho e soltá-lo na natureza. “Eu soube imediatamente que não era venenosa, não era agressiva, não seria um problema para ninguém. Eu disse: ‘Vou pegar minha bolsa de cobra’. Acho que eles pensaram que eu era um pouco louca, para ser honesta. Eu não acho que eles sabiam o que responder quando eu disse que havia uma píton de 3 metros em seu corredor”.