Família

Vinícius Martinez, marido de Carol Dantas, fala sobre paternidade e faz mistério: “Em breve, novidades”

Eles são pais de Valentin, de apenas uma semana de vida

Marina Paschoal

Marina Paschoal ,Filha de Selma e Antônio Jorge

Carol deu à luz no último sábado 14 de setembro (Foto: Reprodução/Instagram @martinezvini)

Vinícius Martinez, marido de Carol Dantas, é pai de primeira viagem do pequeno Valentin. Com tantas descobertas e sentimentos, o rapaz acabou descobrindo um dom.

“Chega a ser cômico. Eu nunca fui de escrever, muito menos ler… Não Mesmo! No dia que decidi escrever à respeito da melhor aventura que estava acontecendo na minha vida, estava simplesmente atordoado com tudo. Decidi colocar no papel pra ver se saía um pouco de mim”, começa o texto.

Ao longo da publicação, que é seguida de uma foto do parto, em que o bebê aparece nos braços de Carol logo após o nascimento e Vini está ao lado deles, ele vai contando que além de se descobrir ‘escritor’, ele gostaria de publicar um livro.

Carol Dantas e Vinícius Martinez logo após o parto de Valentin (Foto: Reprodução / Instagram / @martinezvini)

“Me viciei nesse negócio de me dar ao luxo de um mergulho rápido em algum tipo de sentimento. Ou vários. Nesse processo, metaforicamente é claro, me sinto como um cozinheiro que se aventurou e decidiu fazer uma receita, sem receita. Misturou tudo, tudo mesmo, e no final conseguiu sentir o gosto de cada ingrediente. Meu prato é um livro. Ou meu livro é um prato. Melhor! O meu livro é um menu degustação às cegas. A entrada, é amor!”, ele continua.

Vinícius explica como tudo começou com o sentimento de aventura, frio na barriga e agora se transformou em amor.

“O livro ta pronto. Comecei a escrever quando soube que seria pai. Em janeiro. Não é só sobre ser pai. É sobre ser. Em breve, novidades”, ele finaliza, misterioso.

Veja o texto na íntegra:

Chega a ser cômico. Eu nunca fui de escrever, muito menos ler… Não Mesmo! No dia que decidi escrever à respeito da melhor aventura que estava acontecendo na minha vida, estava simplesmente atordoado com tudo. Decidi colocar no papel pra ver se saía um pouco de mim. Eu mesmo não estava conseguindo equilibrar internamente. Parei de escrever e comecei a ler. Entre diversos erros ortográficos, me dei conta que a minha solução não era escrever, mas sim, ler. Ler e me compreender no meio disso tudo. Passei a organizar meus sentimentos, e o mais gostoso, poder reencontrá-los quando quiser. Não sei se lembraria de tudo que aconteceu e que nesse livro está escrito. Não sei se lembraria com tantos detalhes que me fazem reviver cada emoção diferente que tive, e mesmo que por repetidas vezes, com a mesma intensidade. Nem sei o que quero falar agora. Sei é que não quero parar. Me viciei nesse negócio de me dar ao luxo de um mergulho rápido em algum tipo de sentimento. Ou vários. Nesse processo, metaforicamente é claro, me sinto como um cozinheiro que se aventurou e decidiu fazer uma receita, sem receita. Misturou tudo, tudo mesmo, e no final conseguiu sentir o gosto de cada ingrediente. Meu prato é um livro. Ou meu livro é um prato. Melhor! O meu livro é um menu degustação às cegas. A entrada, é amor! Pra começar precisamos dele… O prato principal é a aventura, com uma boa pitada do desconhecido. A sobremesa é o equilíbrio. Vem por ultimo mas sempre sendo pensado desde o primeiro prato, e sem ele, os anteriores não fazem tanto sentido. Acho que vale um café… Energia é, foi, e daqui pra frente será mais que necessária para um aventureiro pai de família de primeira viagem.
O livro ta pronto. Comecei a escrever quando soube que seria pai. Em janeiro. Não é só sobre ser pai. É sobre ser. Em breve, novidades.”

Leia também

Vinicius Martinez escreve texto emocionante após parto de Carol Dantas: “Ela me fez um homem”

Carol Dantas mostra o momento em que Davi Lucca conheceu Valentin e se emociona

Carol Dantas faz homenagem a equipe da maternidade e relembra parto de Valentin

 

Fique de olho no conteúdo da Pais&Filhos no Youtube!