Viralizou! Vovôs TikTokers fazem sucesso e viram influencers aos 90 anos

Com vídeos divertidos de dublagens e dancinhas, Nair Donadelli e Nelson Miolaro conquistaram milhões de fãs na web

Resumo da Notícia

  • Nair Donadelli e Nelson Miolaro têm mais de 1 milhão e 200 mil seguidores no TikTok
  • No perfil do casal, eles compartilham dublagens, vídeos engraçados e até mesmo danças animadas
  • Os idosos vrializaram na internet e se tornaram influenciadores digitais!

Muito amor! Aos 90 anos, Nair Donadelli e Nelson Miolaro, de São Bernardo do Campo, São Paulo, têm mais de 1 milhão e 200 mil seguidores no TikTok. No perfil do casal, eles compartilham dublagens, vídeos engraçados e até mesmo danças animadas.

-Publicidade-
No perfil do casal, eles compartilham dublagens, vídeos engraçados e até mesmo danças animadas (Foto: Reprodução / Instagram / @vovostiktokers)

Os idosos viralizaram na internet e se tornaram influenciadores digitais! Talvez você não os conheça pelo nome, mas já ouviu, deu like ou compartilhou os Vovôs Tiktokers, protagonistas de vídeos divertidos que conquistaram as redes sociais.

Nair e Nelson, são casados há 67 anos – porém, a relação começou sete anos antes com um namoro. Juntos, o casal construiu uma família com três filhos, cinco netos e um bisneto. Agora famosos,  Nair conta que a ideia partiu de dois dos netos, Nayara, de 28 anos, e Renan, de 31. “Fizeram aqueles vídeos ‘de brincadeira’. Depois foi filmando, colocando na internet e aquilo foi aumentando cada vez mais. E agora tá nesse mundo todo”, disse Nair ao Metrópole.

As gravações são incríveis e rápidas! Nair contou que ela e Nelson levam entre 10 e 15 minutos para finalizarem as cenas. “As falas têm que dar certinho, né? Na nossa idade, é um pouco difícil, mas a gente vai fazendo e dá tudo certo”, disse, se referindo às famosas dublagens do TikTok que reproduz com o marido.

Os idosos vrializaram na internet e se tornaram influenciadores digitais! (Foto: Reprodução / Instagram / @vovostiktokers)

Nair diz que gosta de dança e dublar, mas, principalmente, da brincadeira que é gravar ao lado dos netos. Com o isolamento social, a vovó disse que os vídeos acabaram se tornando um escape para a monotonia cotidiana. “Quando passamos as horas juntos, gravando, a gente esquece da raiva e do nervoso que dá não podermos sair de casa, nem passear de carro, nada”, disse Nair.

Agora, com a rotina de gravar vídeos, até a saúde do casal melhorou. “Principalmente a parte de coordenação motora e de raciocínio. Começaram a mexer mais o corpo, prestar mais atenção, ouvir mais e colocar a cabeça para trabalhar. A mudança é muito significativa entre quando eles estavam parados e depois dos vídeos, que eles pedem para gravar”, disse Rennan Donadelli, o neto responsável pelas publicações.