Vitória! Gêmeas siamesas unidas pela cabeça são separadas em cirurgia histórica de 24 horas

Abigail e Micaela Bachinskiy foram separadas em uma cirurgia histórica no Hospital Infantil da UC Davis, na Califórnia, Estados Unidos

Resumo da Notícia

  • Gêmeas siamesas unidas pela cabeça foram separadas em cirurgia histórica
  • Abigail e Micaela Bachinskiy passaram pelo procedimento no Hospital Infantil da UC Davis, na Califórnia, Estados Unidos
  • A cirurgia demorou 24 horas, muito pela dificuldade médica de dividir as grandes veias e a massa cerebral que conectava as meninas

Com apenas 9 meses de idade, as gêmeas siamesas, unidas pela cabeça, se separaram após longa cirurgia de 24 horas. O procedimento foi realizado no Hospital Infantil da UC Davis, na Califórnia, Estados Unidos e felizmente tudo correu bem. Os médicos trabalharam por 24 horas para dividir as grandes veias e a massa cerebral que conectava as meninas.

-Publicidade-

Não só, mas os profissionais, segundo o Só Notícia Boa, tiveram que reconstruir os crânios, o que vai permitir que elas tenham total autonomia e independência e, para estimular o crescimento da pele, os médicos colocaram expansores de tecido sob o tecido das cabeças, de acordo com o comunicado do hospital.

(Foto: Reprodução/ Instagram @liliyamiroshnik)

Esquenta Black Friday

A Black Friday da Amazon está chegando! Para conferir os produtos que já estão com descontos incríveis em todas as categorias do site, clique AQUI! Você ainda pode ter frete grátis e promoções exclusivas ao se tornar um membro Prime! A assinatura é de apenas R$ 9,90 por mês e também garante entrega mais rápida, acesso a filmes, séries e desenhos animados. Inscreva-se e ganhe 30 dias grátis CLICANDO AQUI.

-Publicidade-

A mãe de Abigail e Micaela, Liliya Miroshnik, compartilhou a história das meninas nas redes sociais, inclusive divulgou uma foto das bebês antes da cirurgia.

A gravidez

Os pais, Liliya e Anatoliy Bachinskiy, já sabiam desde a 11ª semana de gestação de que a gravidez não seria tão simples quanto esperavam, ao descobrirem que as pequenas tinham a condição rara conhecida como gêmeos craniópagos e que as meninas nasceriam conectadas pela cabeça.

A mãe segurando as meninas separadamente pela primeira vez (Foto: Reprodução/ Instagram @liliyamiroshnik)

Ou seja, segundo a Clínica de Mayo, que os gêmeos nasceriam com os crânios fundidos e compartilhariam algum tecido cerebral, mas tendo cérebros separados. “Gêmeos unidos já são extremamente raros, mas gêmeos craniópagos são ainda mais raros”, reforçou o hospital.

Preparação para a cirurgia

As gêmeas nasceram no dia 30 de dezembro de 2019, no entanto, só quando elas completaram 9 meses que os médicos afirmaram que havia chegado a hora da cirurgia.

“À medida que envelhecem, há mais riscos de vasos sanguíneos e órgãos compartilhados se tornarem maiores ou mais entrelaçados. Além disso tinha o risco da Covid-19 que era uma outra preocupação”, disse o cirurgião plástico Granger Wong.

A equipe para o procedimento continha cerca de 30 médicos, que se reuniram utilizando bonés de cores diferentes para dividir com clareza a função de cada um na cirurgia. A equipe de elite também praticou em modelos 3D para que todos tivessem precisão na hora da cirurgia. “Foi como um balé coreografado”, disse Wong.

Cada um usava uma cor diferente na cabeça para mais fácil divisão de funções (Foto: Reprodução/ Hospital Infantil UC Davis)

A equipe era liderada pelo neurocirurgião pediátrico Michael Edwards, pelo chefe de cirurgia plástica Granger Wong, pelo diretor de anestesiologia pediátrica Rajvinder Dhamrait e, ainda, pela chefe de enfermagem do Children’s Surgery Center, Aida Benitez.

Seminário Internacional Pais&Filhos

O 10º Seminário Internacional Pais&Filhos – Quem Ama Cria está chegando! Ele vai acontecer no dia 1 de dezembro, com oito horas seguidas de live, em formato completamente online e grátis. E tem mais: você pode participar do sorteio e ganhar prêmios incríveis. Para se inscrever para os sorteios, ver a programação completa e assistir ao Seminário no dia, clique aqui!

-Publicidade-