Vitória! Idosa de 99 anos vence Covid-19 e recebe alta para passar Natal em família

Yvone Bomfim Oliveira estava internada há 12 dias em um hospital particular de Salvador

Resumo da Notícia

  • Uma família de Salvador ganhou um presente de Natal e tanto na tarde da última quinta-feira, 24 de dezembro
  • Às vésperas da data especial; uma avó de 99 anos recebeu alta após passar 12 dias internada com Covid-19
  • Yvone Bomfim Oliveira foi considerada curada da doença e pode passar a ceia ao lado dos parentes

Uma família de Salvador ganhou um presente de Natal e tanto na tarde da última quinta-feira, 24 de dezembro, às vésperas da data especial; uma avó de 99 anos recebeu alta após passar 12 dias internada com Covid-19.

-Publicidade-
A aposentada passou o Natal em família (Foto; Reprodução / Tv Bahia)

Yvone Bomfim Oliveira foi considerada curada da doença e pode passar a ceia ao lado dos parentes. Os médicos e enfermeiros do hospital particular de Salvador onde a aposentada recebia o tratamento organizaram uma despedida especial para a idosa: a senhora deixou o local sob palmas e balões.

A aposentada passou o Natal em família (Foto; Reprodução / Tv Bahia)

Animada com a recuperação, Yvone Bomfim agradeceu o carinho da equipe médica: “Muito obrigada e que Deus abençoe a todo mundo”, disse ela, em entrevista à TV Bahia.

Idosa de 102 anos vence Covid-19 duas vezes

Dona Yvona não é a única no grupo das vencedoras! Uma idosa de 102 anos surpreendeu Nova York ao superar a doença duas vezes.  Angelina Friedman  também já havia sobrevivido à gripe espanhola, que contraiu quando ainda era recém-nascida.

Eita, saúde boa! (Foto: Reprodução / BBC)

O primeiro diagnóstico de Covid-19 veio em março, enquanto ela estava em um hospital para passar por um pequeno procedimento, de acordo com a administradora da casa de repouso onde Angelina vive, Amy Elba, que concedeu uma entrevista à CNN. Na época, a idosa ficou uma semana internada e isolada do restante dos pacientes, depois sendo transferida para casa, onde ficou cuidando da febre até o dia 20 de abril.

Recentemente, em outubro, alguns sintomas voltaram e causaram a desconfiança dos funcionários da casa de repouso. “Ela tinha sintomas, como febre e tosse seca. Eles pensaram que ela poderia estar com gripe”, explicou a filha, Joanne Merola. Como outras pessoas próximas acabaram ficando doentes, resolveram repetir o teste para Covid-19. Foi quando descobriram a segunda infecção.

Angelina tem 102 anos (Foto: Reprodução / BBC)

Friedman ficou novamente isolada no quarto até que apresentou uma melhora no dia 17 de novembro, quando o teste apontou negativo para a doença. “Minha mãe invencível testou negativo”, contou Merola sobre o momento.