Vizinhas de homem que matou próprias filhas se surpreendem com crime: “Era um pai de cuidava”

Natanael Arruda foi preso na última quinta-feira, após matar as duas filhas de 5 e 6 anos dentro de casa. As vizinhas do criminoso se mostraram surpresa com o crime pois disseram que ele era um pai que cuidava e amoroso

Resumo da Notícia

  • Natanael Arruda foi preso na última quinta-feira, após matar as duas filhas de 5 e 6 anos dentro de casa
  • As vizinhas do criminoso se mostraram surpresa com o crime pois disseram que ele era um pai que cuidava
  • O caso aconteceu em Taquarituba, em São Paulo

Natanael Arruda foi preso na última quinta-feira, após matar as duas filhas de 5 e 6 anos dentro de casa. As vizinhas do criminoso se mostraram surpresa com o crime pois disseram que ele era um pai que cuidava e era amoroso. O caso aconteceu em Taquarituba, em São Paulo.

-Publicidade-

“Nós estamos chocados, porque ele era um pai que cuidava, que mostrava amor. De repente, fazer isso com as crianças? Segundo falaram, ele queria voltar com ela, mas ela não quis”, afirmou Eliane Garcia, vizinha da família, em entrevista à TV Bandeirantes.

“Ninguém esperava isso, ele tinha um amor imenso pelas filhas”, afirmou outra vizinha. De acordo com a ocorrência policial, o lavrador Natanael teria passado a noite na casa da família para cuidar das filhas enquanto a ex dele ia para o trabalho em uma plantação. Pela manhã, ele teria deixado que a filha mais velha da ex, enteada dele, fosse até a escola, ficando apenas com as crianças menores.

O pai confessou ter matado as próprias filhas
O pai confessou ter matado as próprias filhas (Foto: Reprodução/UOL)

A babá que habitualmente cuidava das meninas chegou na residência pela manhã, mas foi orientada pelo homem a voltar para casa, retornando horas depois para checar as garotas. “Eu fui lá mais tarde, daí estava um cheiro de gás, daí eu fui lá e pedi para desligar”, disse a babá Lucila Fortunato. Neste momento, ela disse que foi “expulsa” da frente da residência. Ela chamou o marido e a polícia para tentar salvar as crianças e as negociações começaram.

A polícia manteve negociação por horas com Natanael. No final da noite, as equipes decidiram entrar no imóvel, pois ele não apresentava provas de que as reféns estariam vivas. Um scanner de presença chegou a ser utilizado para verificar a movimentação dentro da casa. Porém, os agentes confirmaram que o único a se movimentar no interior do imóvel era Natanael.

Após passar por exames de corpo de delito, Natanael foi preso em flagrante e irá responder pelos crimes de duplo feminicídio, cárcere privado e tentativa de explosão. Ele foi salvo pela polícia de uma tentativa de linchamento por parte dos moradores da cidade.