Volta às aulas: como deixar tudo pronto para o grande dia e organizar a rotina escolar das crianças

Parece missão impossível, mas não é! Basta não deixar tudo para a última hora, ter um pouco de organização e planejamento

Vamos te ajudar a deixar tudo pronto para volta às aulas (Foto: Getty Images)

Quando falamos em volta às aulas, logo pensamos em todo aquele ritual de encarar a papelaria lotada para comprar a lista imensa de materiais, deixar os uniformes nos trinques e, uma das partes que mais dão trabalho: acostumar as crianças ao ritmo escolar novamente.

Dormir e acordar cedo, diminuir a frequência das telas e dos videogames para encaixar o tempo de estudos e lição de casa são só alguns exemplos. Tudo isso pode causar tremenda dor de cabeça caso não seja pensado com cautela – por isso é tão importante planejar a rotina das crianças.

Mas calma, essa transição não precisa ser tão brusca. O segredo para um volta às aulas sem neura está em apostar no período entre a última semana de férias e a primeira de aula para voltar a vida do seu filho no eixo. Não sabe por onde começar? Então dá uma olhada nas dicas que preparamos.

Crie uma rotina
Relaxar com as regras durante as férias é normal. Afinal, é um período para descansar e aproveitar muito brincando com amigos e ficar junto da família. Mas quando as aulas estão para voltar, é importante planejar os dias da semana – dessa maneira, seu filho conseguirá dividir o tempo entre as obrigações da escola e os momentos de diversão. Para facilitar, você pode usar uma agenda ou quadro de avisos e o que precisa ser feito pode ser escrito e ticado da lista.

Um quadro de avisos pode deixar a rotina muito mais fácil! (Foto: Getty Images)

Regulando o sono
O primeiro dia de aula pode gerar ansiedade ou preocupação e afetar o sono da criança – que já não está lá essas coisas, não é mesmo? Uma boa maneira de acostumar o corpo do seu filho para começar as aulas com tudo é, a partir da última semana de férias, colocá-lo para dormir 15 minutos mais cedo e adiantar o despertador dele esse mesmo tempo a cada dia. Assim, ele já vai se familiarizando com o hábito de dormir e acordar cedo.

Participar faz bem
Mudanças na rotina podem deixar seu filho um pouco “travado” – o que é normal e compreensível. Por isso, você precisa de um pouco de paciência e ele, precisa ser estimulado. Passar por essa fase de “preguicite” não é fácil, então procure evitar falar coisas como “acabou a farra” ou “chega de moleza”. Ao invés disso, diga que agora é hora de pensar mais na escola e se dedicar aos estudos.

Incentivar seu filho a participar das aulas é uma outra maneira de fazê-lo entrar no ritmo da escola mais rápido. Mostre as possibilidades que ele tem, como participar de um clube de ciências, de leitura, coral ou até mesmo esportes – isso inclusive o ajudará a fazer mais amigos, que é um estímulo a mais para o momento de estudar ou fazer a tarefa de casa.

Mas, lembre-se: ainda que essas atividades sejam boas para o desenvolvimento da criança, não adianta encher a agenda dela com mil coisas e não sobrar tempo para brincadeiras – elas também são importantíssimas!

Papo sério
Agora, caso seu filho esteja resistente demais para ir à escola, é bom ficar de olho: se você perceber que o comportamento vai além de teimosia, ele pode estar passando por problemas com os professores, colegas ou até mesmo bullying. E é por isso que é tão importante participar da vida escolar do seu filho, frequentar a tão famosa reunião de pais e acompanhar a rotina – assim você fica a par de tudo mesmo quando as crianças vão estudar.

Sempre de olho: se seu filho estiver muito resistente para ir à escola, ele pode ter problemas com bullying (Foto: iStock)

Tudo comprado? Hora de etiquetar!
Além de divertido, o momento de colocar o nome no material é uma boa chance para rever tudo que ela vai levar para a aula. Aproveita para explicar sobre a responsabilidade que ela tem com o que foi comprado e que precisa ser cuidadosa. Assim, a criança aprende desde cedo que é importante cuidar das suas coisas. E fica a dica: itens como cola, por exemplo, são facilmente trocados na sala de aula. Então as etiquetas vão em todos os materiais – mesmo!

O GRANDE DIA!
Chegou a hora de arrumar a mochila, checar os últimos detalhes e ir para a cama cedo. Se por aí a ansiedade está pegando, fizemos uma lista para ajudar você e seu filho nesse momento.

  • Arrume a mochila e verifique se pegou todos os materiais;
  • Deixe o uniforme e o lanche separados para não ficar na correria no outro dia de manhã;
  • Coma coisas leves: alimentos pesados podem dificultar o sono;
  • Coloque seu filho pra dormir cedo, assim ele acordará bem disposto no outro dia;
  • Não se esqueça de encorajá-lo a participar e ver o lado positivo das coisas. Dessa maneira ele terá um ano letivo ótimo e cheio de aprendizados.

Leia também:

Volta às aulas: dicas para economizar até R$300 reais no material escolar do seu filho

7 aplicativos que facilitam a vida das crianças (e a sua!) na volta às aulas

Volta às aulas: 5 opções de mochilas para te livrar da indecisão