Volta às aulas: veja como será o retorno para o ensino infantil e fundamental em São Paulo

A partir de um anúncio, a retomada para o dia 3 de novembro será apenas para o ensino médio. Saiba como ficarão as outras séries e a nova data do próximo comunicado oficial

Resumo da Notícia

  • A retomada do dia 3 de novembro será apenas para o ensino médio
  • Saiba como ficarão as outras séries
  • Veja quando será o próximo anúncio para a retomada do ensino fundamental e infantil

Na última quinta-feira, 22 de outubro, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, anunciou que no dia 3 de novembro a retomada das aulas acontecerá apenas para o ensino médio. Para o ensino infantil e fundamental, será necessário esperar por uma nova autorização de retorno.

-Publicidade-
Um novo anúncio será feito no dia 19 de novembro (Foto: Getty Images)

A medida é válida para as redes municipais, estaduais e privadas da capital. Vale lembrar que a volta às aulas será voluntária. A partir dos resultados do censo sorológico realizado em alunos e professores, foi mostrado que 13,2% já foram contaminados pelo novo coronavírus.

De acordo com Edson Aparecido, secretário municipal de Saúde, em entrevista coletiva, os resultados mostraram também uma alta taxa de casos assintomáticos entre alunos (70%), baixa taxa de contaminação entre os professores (7%) e um número considerado expressivo para estudantes que moram com idosos (25%). A recomendação é de que sejam mantidas apenas atividades extracurriculares até os 14 anos.

-Publicidade-
No dia 3 de novembro, o retorno presencial será apenas para o ensino médio (Foto: Shutterstock)

“Na realidade, a faixa etária acima de 14 anos a 19 anos já é população que está circulando na cidade, sobretudo porque parte dela trabalha”, comentou o secretário. A secretaria municipal de Educação explicou ainda que o retorno presencial para os alunos do ensino médio deverá respeitar as medidas de segurança e ocupação estabelecidas pelo plano São Paulo.

Volta às aulas para ensino infantil e fundamental

Durante o anuncio, foi informado que uma nova avaliação deverá ser feita do dia 19 de novembro, para o retorno de alunos e professores. “No dia 19 de novembro, com base na segunda fase do censo sorológico, e com evolução da pandemia em São Paulo, teremos nova coletiva para anunciar o que acontece e o que fica autorizada em São Paulo na área da educação, a partir do dia 1º de dezembro”, concluiu.

-Publicidade-