Wanessa Camargo conta estresse com filhos no shopping: “Arrastando um, segurando o outro”

A cantora explicou que acredita que os meninos “desaprenderam a estar em convívio social” e ela teve que tomar uma atitude que nunca pensou que precisaria

Resumo da Notícia

  • Wanessa Camargo comentou sobre um caso de "birra" dos filhos no shopping
  • Ela contou a reação que teve
  • Por fim, falou sobre o sentimento de culpa e cobrança nas mães

Wanessa Camargo abriu o coração e falou sobre maternidade em um vídeo no YouTube em entrevista para Rafa Brites. A cantora relembrou um episódio com os filhos e desabafou sobre a culpa materna.

-Publicidade-
Ela também desabafou sobre culpa materna (Foto: Reprodução/ Instagram @wanessa)

“Eu fui ao shopping com eles e, por causa da pandemia, eu acho que eles desaprenderam a estar em convívio social. E não sabiam se comportar no shopping. Rafa, eu estava arrastando no chão. Arrastando um, segurando o outro. Coisa que eu nunca imaginei que fosse fazer”, disse.

Ela é mãe de José, de 9 anos, e João de 6, e continuou explicando: “E eu assim: ‘Ai, senhor, se tiver um vídeo semana que vem na internet…’ (…) E as pessoas olham, tipo assim… Eu liguei um f… bem grande aqui na minha testa. Dane-se o que os outros pensam. Eu fiquei nervosa, eu fiquei bem mexida, porque eu não gostei do comportamento dos dois”.

“Saí, cheguei aqui e fiquei meio me sentindo alguma coisa que eu não estava entendendo. Aí eu descobri que tinha uma culpa, eu estava culpada. No fundo, eu deixei de olhar para eles em alguns momentos preocupada com o que os outros estavam olhando e pensando. Então, a minha agressividade em torno deles foi por conta da vergonha que eu estava sentido pelos outros pensarem que eu era uma mãe ruim”, desabafou.

Por fim, ela falou: “Se meu filho vai me achar fraca ou não, não acho isso. A gente ensina que filho não pode ver essas fraquezas. Filho não pode ver a gente chorando e que a gente está acertando sempre, mesmo errando. Não, a gente não acerta. A gente erra com eles também, por causa dos nossos egos, das nossas preocupações”.

A cantora, ao longo da conversa, também relembrou a infância, antes da fama do pai, Zezé Di Camargo: “Eu fui matriculada com a minha irmã num colégio particular da rua mesmo. O meu pai e a minha mãe, eles tinham dificuldades em parcela… Os meus amigos chegavam de carro e eu chegava a pé. As crianças dessa escola e a diretora dessa escola faziam bullying comigo. Ela falava coisas para mim na frente das crianças, e eu, bobinha, não falava nada para os meus pais. Isso criou em mim uma certa validação pelo outro também”.