WhatsApp poderá oferecer serviço de pagamento dentro do APP: veja como vai funcionar

O recurso foi liberado pelo Banco Central na última terça-feira, 30 de março, e dá aos internautas uma nova possibilidade para fazer transferências

Resumo da Notícia

  • WhatsApp poderá oferecer serviço de pagamento dentro do APP
  • Com o recurso, os internautas poderão fazer pagamentos e transferências diretamente através do chat
  • O serviço foi liberado pelo Banco Central na última terça-feira, 30 de março
  • Te explicamos como vai funcionar

Depois da chegada do Pix, vem aí mais uma novidade: o Banco Central liberou na última terça-feira, 30 de março, transferências bancárias via WhatsApp. Com isso, o aplicativo vai poder oferecer um sistema de pagamentos nas conversas. Essa novidade, no entanto, ainda não tem uma data para acontecer na prática. O Facebook, dono do WhatsApp, foi aprovado como um “iniciador de pagamentos”. As empresas Visa e Mastercard vão ser as intermediadoras dessas transações.

-Publicidade-
Transferências via WhatsApp (Foto: Flickr/Christoph Scholz)

Mas afinal, como isso vai acontecer? Quando a nova ferramenta estiver disponível, uma função nova aparecerá no menu onde ficam as conversas, nele vai estar escrito “pagamento”. Os pagamentos serão realizados diretamente via chat. Para isso,  o usuário terá que cadastrar o número do cartão de débito ou pré-pago de bandeiras Visa ou MasterCard no aplicativo.

Para que isso seja possível, o Banco Central autorizou  a Visa e a Mastercard para “arranjos de pagamento” abertos, como transferência, depósito, pré-pago e doméstico. O WhatsApp também fará parte deste arranjo, possibilitando que isso aconteça pelo App.

A novidade ainda não tem uma data definida para ser lançada. De acordo com o Banco Central, as operações vão poder começar a funcionar assim que o WhatsApp disponibilizar o serviço para o cliente no aplicativo. Em junho de 2020, a empresa chegou a anunciar o recurso, mas, na época, o Banco Central e o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) suspenderam o serviço. As autoridades disseram que ainda precisavam avaliar os riscos da possibilidade. Ao G1, o WhatsApp afirmou que está “nos preparativos finais” para que a modalidade seja lançada.

Veja mais informações sobre a novidade:

  • Para fazer a transferência, ambos os envolvidos precisam ter uma conta em algum banco, além de um cartão com a bandeira MasterCard ou Visa. Ainda não há informação a respeito de quais bancos estarão habilitados para as transações. Quando foi barrado em 2020, o serviço estava disponível apenas para o Nubank, o Sicredi e o Banco do Brasil.
  • Ainda não se sabe se o WhatsApp vai cobrar tarifas dos usuários que optarem pelo serviço e nem se vai existir algum limite para as transações
  • O recurso de pagamento via WhatsApp já está disponível na Índia desde novembro de 2020