Whindersson Nunes cria leilão com roupas de famosos para ajudar famílias na Bahia

O humorista divulgou a iniciativa através das redes sociais na intenção de arrecadar dinheiro para as famílias que sofreram com as fortes chuvas na região

Resumo da Notícia

  • Whindersson Nunes criou uma campanha para ajudar famílias na Bahia
  • Alguns famosos apoiaram a iniciativa e doaram roupas para o leilão beneficente
  • As fortes chuvas na Bahia fizeram com que muitas pessoas perdessem suas casas

Whindersson Nunes anunciou nesta terça-feira, dia 04 de dezembro, que está organizando um leilão beneficente para ajudar famílias que foram vítimas das fortes chuvas da Bahia, que já afetou mais de 715 mil habitantes e deixou 93 mil desabrigados.

-Publicidade-

O comediante utilizou as redes sociais para divulgar a campanha. Além do apoio de Whindersson Nunes, outros famosos decidiram apoiar a causa. No twitter, o artista divulgou a lista de alguns nomes que doaram roupas para ajudar o leilão. “Gkay doou look da Farofa; Sabrina Sato, uma fantasia; Juliette doou o look da final do BBB; Joelma doou um look. Já, já está no ar e qualquer um pode dar seu lance, e tô divulgando porque preciso que as pessoas saibam do leilão. Não é pra aparecer”, afirmou. Para ver esta publicação, clique aqui. 

O humorista fez a campanha para ajudar as famílias que foram vítimas da enchente
O humorista fez a campanha para ajudar as famílias que foram vítimas da enchente (Foto: Reprodução Instagram @whinderssonnunes)

Na sequência, Whindersson Nunes comentou sobre a importância de cada item doado para arrecadar o valor necessário. Além disso, ele aproveitou a oportunidade para dizer que o apego sentimental pelas roupas vale mais do que o financeiro.

‘Tá, mas o que eu faço com um vestido da Juliette?’ O que não tem valor pra você, às vezes carrega muito valor e inspiração pra outros. Um exemplo, eu acho que música me deu 50% da minha carreira. A guitarra que vou leiloar custou 300 reais na época, mas ela foi uma companheira na minha vida musical de uma forma tão profunda que me deu, em minha mente, 50% de tudo que eu tenho. Então é de valor inestimável pra mim. Já botaram R$ 34 mil nela e eu não vendi.”, contou o humorista.

Já no Instagram, o artista abriu mais detalhes sobre o leilão. “Todo o arrecadado vai pra ajudar cidades da Bahia e Minas Gerais que tem sofrido com mudanças climáticas e DESCASO, assegurando que grande parte ajude aldeias indígenas, pq acredito que um povo que já foi 9 milhões e hoje tem menos de 1 milhão precisa de apoio urgente”. Para ver mais detalhes sobre a campanha, clique aqui.

Relembre o caso

No dia 25 de dezembro aconteceu o rompimento de uma barragem em Itambé, após fortes chuvas atingirem o estado da Bahia. O evento aconteceu a noite e, até o momento, de acordo com a UOL, não foram informadas nenhuma morte, ferido ou pessoas gravemente feridas.

Barragem de Iguá se rompe na Bahia
Barragem de Iguá se rompe na Bahia (Foto: reprodução/Twitter/@Lindasod)

A prefeitura da região se pronunciou no Instagram e mandou um recado para a população: “Todos os moradores devem evacuar as margens do rio Verruga com urgência”. A barragem de Iguá não suportou o aumento no nível dos rios da região causado pelos temporais nos últimos tempos.

Ainda para o portal UOL, Sheila Lemos, prefeita de Vitória da Conquista, uma das cidades próximas ao local, afirmou que todos os moradores que estavam perto do rio foram evacuados. Em entrevista para jornalistas Rui Castro, governador da Bahia também falou sobre a situação, afirmando que ao menos 300 pessoas foram evacuadas nas 20 cidades que sofreram os impactos das enchentes.

Chuvas fortes na Bahia fazem famílias sair do local
Chuvas fortes na Bahia fazem famílias sair do local (Foto: reprodução/Twitter/@andersongtorres)

As chuvas estão causando estragos na região desde novembro. Autoridades da defesa civil disseram que 66 cidades se encontram em situação de emergência. Já a prefeitura de Salvador emitiu um alerta máximo, uma vez que a expectativa é que as chuvas se mantenham ainda neste domingo, 26 de dezembro.

Segundo a CNN Brasil, por conta das chuvas, mais de 4 mil pessoas estão desabrigadas na Bahia, além de 17 vítimas fatais.