Whindersson Nunes desabafa após quase 1 ano da morte do filho João Miguel

Whindersson Nunes usou o Twitter para desabafar sobre a morte do filho, João Miguel. O bebê nasceu em 29 de maio de 2021, e faleceu dois dias depois, em 31 de maio

Resumo da Notícia

  • O Whindersson Nunes desabafou após quase 1 ano da morte do filho João Miguel
  • O João Miguel nasceu em 29 de maio de 2021, e faleceu dois dias depois, em 31 de maio
  • Os internautas deixaram mensagens de apoio ao humorista

Em 29 de maio de 2021, nasceu de forma prematura o João Miguel, filho de Whindersson Nunes e Maria Lina. Momentos depois, o bebê foi internado na UTI. Passado dois dias, o recém-nascido não resistiu e veio a óbito no dia 31 de maio de 2021. Quase 1 ano após a morte do primeiro filho, o humorista usou o Twitter para compartilhar um pequeno desabafo em relação ao acontecimento. Na publicação realizada hoje, 29 de maio de 2022, o Whindersson digitou três emojis que simbolizam o seus sentimento. Embora sejam apenas imagens, elas representam muita coisa, dado todo o acontecimento. 

-Publicidade-
Whindersson Nunes desabafou no Twitter
Whindersson Nunes desabafou no Twitter (Foto: Reprodução / Twitter)

Nos comentários, os fãs e seguidores do humorista deixaram mensagens de apoio. “Espero de coração que um dia a parte que dóis em seja preenchida somente de amor, saudade boa e luz. Fique tranquilo que ele [João Miguel] está bem e não há dúvidas de que ele saiba o paizão que ele teve e terá para sempre”, disse uma seguidora. “Deus conforte você e acalme seu coração. Sei que ai amenizar a dor que você está sentindo”, publicou outra pessoa.

Maria Lina

Maria Lina e Whindersson Nunes perderam o filho, que nasceu prematuro, no ano passado, e desde então a influenciadora vem desabafando sobre como lida com o luto e em ambiente com mulheres grávidas. Um ano após a partida de João Miguel, ela garantiu que viveu o luto e lida bem com o assunto atualmente.

“Sempre que eu posto foto com neném, com grávidas, em ambientes assim eu recebo mensagens de mamães que sentem carinho por mim e de alguma forma querem me acalentar porque sentem empatia pela minha história. ‘Nossa você está tão triste Maria, não te fez bem aquele ambiente, né?’. ‘Você está tão desanimada'”, começou ela, contando de algumas mensagens que recebe frequentemente.

Maria Lina desabafou sobre o processo de luto após a morte do filho prematuro

Em seguida, ela esclareceu que está resolvida com essa questão: “É um assunto muito bem resolvido pra mim. Quando não era bem resolvido, eu aparecia aqui chorando, triste. Eu amo estar nesses ambientes. Eu amo grávida, amo neném. Me faz muito bem”.

Maria Lina ainda falou do difícil processo para superar a morte do filho: “É claro que não foi um processo do dia pra noite. Quando aconteceu tudo, fiquei uns dois meses sem me sentir bem vendo grávidas e bebês. Só que eu fiz muita terapia. Foi um processo muito longo de recuperação. Eu me tratei da forma certa, vivi o luto como tinha que ser vivido, da forma mais saudável possível. Terapia, médicos, minha família, Deus, meus amigos… curei isso dentro de mim”.

Por fim, ela contou que está totalmente recuperada: “Da mesma forma que era uma coisa que doía e eu mostrava para vocês, é muito importante também mostrar que também estou bem, que me recuperei dessa situação e consigo viver minha vida normalmente sem que isso me deixe magoada… se eu sentir que tem dez pessoas me criticando por falar disso e eu ajudar uma mãe a dormir com o coração mais tranquilo, eu vou falar”.