Will Smith pede desculpas para família em pronunciamento sobre tapa em Oscar: “Reagi emocionalmente”

O ator publicou um texto no perfil do Instagram onde se desculpava com Chris Rock e com a família também

Resumo da Notícia

  • Will Smith se desculpou pela atitude no Oscar
  • O ator deu um tapa na cara de Chris Rock durante a cerimônia de premiação
  • Will pediu desculpas a família e a academia também, pelo ocorrido

Will Smith publicou um texto no perfil do Instagram se desculpando por seu comportamento durante a cerimônia do Oscar no último domingo. O ator acabou se descontrolando e deu um tapa na cara de Chris Rock, após uma piada de mau gosto que ele fez com a esposa de Will Smith.

-Publicidade-

“A violência em todas as suas formas é venenosa e destrutiva. Meu comportamento no Oscar de ontem à noite foi inaceitável e imperdoável. Piadas às minhas custas fazem parte do trabalho, mas uma piada sobre a condição médica de @jadapinkettsmith era demais para mim e reagi emocionalmente.”, começou o texto.

Will Smith se manifestou sobre o tapa no Oscar e pediu desculpas a família e Chris Rock
Will Smith se manifestou sobre o tapa no Oscar e pediu desculpas a família e Chris Rock (Foto: Reprodução/Instagram @willsmith)

“Eu gostaria de me desculpar publicamente com você, Chris. Eu estava fora de linha e estava errado. Estou envergonhado e minhas ações não foram indicativas do homem que quero ser. Não há lugar para vi0lência em um mundo de amor e bondade. Também gostaria de pedir desculpas à Academia, aos produtores do programa, a todos os participantes e a todos que assistem ao redor do mundo. Eu gostaria de me desculpar com a Família Williams e minha Família ‘King Richard’. Lamento profundamente que meu comportamento tenha manchado o que tem sido uma jornada linda para todos nós. Eu sou um trabalho em andamento. Sinceramente, Will”, finalizou o ator.

Contextualizando, a piada que Chris Rock fez a Jada Smith dizia para ela fazer parte do elenco de G.I. Jane 2, onde a protagonista raspava o cabelo. No longa de 1997, “G.I. Jane”, que no Brasil foi lançado como “Até o limite da honra”, a atriz Demi Moore raspou os cabelos para dar vida a uma tenente.