Xuxa fala dos abusos sexuais que sofreu na infância para proteger Sasha

A apresentadora contou que a decisão de compartilhar as experiências veio quando pensou na filha

Resumo da Notícia

  • Xuxa Meneghel voltou a falar sobre um tema difícil durante esta semana: os abusos sexuais que sofreu durante a infância e a adolescência
  • Em setembro, a apresentadora relatou na sua biografia, “Memórias”, as violências que a acometeram nesse período
  • Agora a mãe de Sasha revelou que tomou coragem de contar as experiências pensando em proteger a filha desse tipo de situação

Xuxa Meneghel voltou a falar sobre um tema difícil durante esta semana: os abusos sexuais que sofreu durante a infância e a adolescência. Em setembro, a apresentadora relatou na sua biografia, “Memórias”, as violências que a acometeram nesse período, inclusive partindo de membros da família. Agora, em entrevista para Joyce Pascowitch, a mãe de Sasha revelou que tomou coragem de contar as experiências pensando em proteger a filha desse tipo de situação.

-Publicidade-
(Foto: reprodução / Instagram @xuxamenegheloficial)

“Eu tinha que ser um ser humano melhor, que errasse menos, que minha filha se orgulhasse de mim. Comecei a me ver e a me sentir diferente. Queria falar do abuso para proteger minha filha. Profissionalmente, comecei a dar um chega pra lá em pessoas que me tratavam como uma marionete porque não queria isso para a Sasha”, descreve. “Não foi da noite para o dia, fui me transformando, como uma lagarta que vira borboleta”, sintetiza.

A apresentadora falou pela primeira vez sobre o assunto em 2012, mas apenas agora deu mais detalhes dos fatos. Além do abuso, Xuxa também tira um espaço na carreira para falar sobre homosexualidade e veganismo com o público. Mesmo assim, a mãe de Sasha diz que não busca continuar nos holofotes para sempre.

“Tudo tem começo, meio e fim. É totalmente natural meu trabalho estar diminuindo e eu querendo me afastar disso tudo. É uma escolha muito adequada para a minha idade e por tudo o que vivi. Ninguém pode querer estar no topo a vida toda, é insano, não existe, a pessoa que procura isso acaba se matando”, diz ela.

Relato de abuso aparece em biografia

No livro, intitulado “Memórias”, a famosa mostrou a faceta mais íntima e contou sobre as dificuldades e problemas que enfrentou na infância. No livro, ela conta sobre os abusos que sofreu e dos traumas que carrega consigo.

Xuxa fala sobre abusos que sofreu na infância: “Não superamos, mas convivemos” (Foto: reprodução/ Instagram/ @xuxamenegheloficial

“Não acredito que dê pra parar uma doença dessas (pedofilia), mas acho que nós podemos ser a vacina“, contou a apresentadora, em uma parte do livro destacado pelo Splash. A famosa também falou que os abusos que sofreu quando era mais nova – inclusive de pessoas da própria família – a deixaram com algumas manias: até hoje, ela toma cerca de 4 banhos por dia. “Creio que existem coisas na vida que não superamos, mas, sim, convivemos. E isso é uma das coisas com a qual conviverei para sempre”, apontou a famosa.

Para a “rainha dos baixinhos”, falar sobre esses tópicos é muito árduo e dolorido, mas a própria apresentadora destacou que acha extremamente importante e necessário conversar e relatar sobre esses temas, principalmente para ajudar outras famílias que passam pelo mesmo a denunciar e falar sobre a situação.