Youtuber abre o jogo depois de devolver criança autista três anos após adoção

Myka Stauffer resolveu se pronunciar após entregar o filho adotivo Huxley, de 4 anos, para outra família cuidar

Resumo da Notícia

  • Na noite desta quarta-feira, 24 de junho, a youtuber Myka Stauffer resolveu se pronunciar após entregar o filho adotivo para outra família cuidar
  • Ela adotou o menino em 2017, na China
  • A youtuber foi acusada nas redes sociais de lucrar na internet com a criança.
Huxley foi adotado em 2017 (Foto: reprodução / Instagram @mykastauffer)

Na noite desta quarta-feira, 24 de junho, a youtuber Myka Stauffer resolveu se pronunciar após entregar o filho adotivo Huxley, de 4 anos, para outra família cuidar. Ela adotou o menino em 2017, na China, e foi acusada nas redes sociais de lucrar na internet com a criança.

-Publicidade-

Myka é casada com James com quem tem outras 4 crianças biológicas. Ela ressaltou sobre o dinheiro: “Embora recebamos uma pequena parte do dinheiro de vídeos com Huxley e sua jornada, cada centavo e muito mais voltaram aos seus cuidados”.

Ela tem 4 filhos biológicos (Foto: reprodução / Instagram @mykastauffer)

A youtuber também disse: “Essa decisão partiu o coração de muitas pessoas e sinto muito por decepcionar tantas mulheres que se espelhavam em mim como mãe. Sinto muito pela confusão e pela dor que causei e sinto muito por não poder contar mais da minha história desde o início. Não era seletiva, nem totalmente equipada ou preparada. Não posso dizer que gostaria que isso nunca tivesse acontecido, porque ainda estou muito feliz que Huxley esteja aqui (nos Estados Unidos) e recebendo toda a ajuda de que precisa. Queria ajudar tanto que estava disposta a levar para casa qualquer criança que precisasse de mim. Por isso, fui ingênua, tola e arrogante. Peço desculpas todos os adotados, pais adotivos e pais de crianças com necessidades especiais se prejudiquei a comunidade de alguma maneira”.

-Publicidade-