5 maneiras naturais de aumentar progesterona para ter uma gravidez mais saudável

Ter altos níveis de progesterona é a chave para uma gravidez saudável. Veja cinco maneiras naturais de garantir o equilíbrio hormonal correto

Resumo da Notícia

  • Ter altos níveis de progesterona é a chave para uma gravidez saudável
  • Após a implantação, esse hormônio estimula o crescimento de vasos sanguíneos no revestimento do útero e glândulas que fornecem nutrientes ao feto, abrindo caminho para uma placenta saudável
  • O  ideal seria perguntar ao seu médico sobre as maneiras a seguir de maximizar seus níveis de progesterona naturalmente, mas aproveite e veja algumas dicas também

Você provavelmente já sabe que sua placenta tem uma grande função durante a gravidez – fornecer oxigênio e nutrientes para o seu bebê em desenvolvimento. Mas o que você pode não saber é que a placenta não se desenvolve até as semanas entre 12 e 14. Então, neste período, o que é o responsável por nutrir seu embrião? A resposta: progesterona.

-Publicidade-

Após a implantação, esse hormônio estimula o crescimento de vasos sanguíneos no revestimento do útero e glândulas que fornecem nutrientes ao feto, abrindo caminho para uma placenta saudável. Mesmo depois que a placenta assume o controle, a progesterona ainda trabalha arduamente para manter um útero saudável e ajudar a prevenir o nascimento prematuro. É por isso que é tão essencial que seus níveis de progesterona permaneçam altos durante a gravidez, segundo Nanette Santoro, médica e professora-chefe do Departamento de Obstetrícia e Ginecologia da Universidade do Colorado, nos Estados Unidos.

Então, de quanta progesterona você precisa e como saber se está produzindo o suficiente? Infelizmente, essas perguntas não têm respostas simples. Os médicos acreditam que algumas mulheres correm o risco de insuficiência da fase lútea (que é a última fase do ciclo menstrual, e o que significa que produzem uma quantidade insuficiente de progesterona), em particular mulheres com peso corporal baixo (IMC de 19 ou menos) ou gordura corporal muito baixa; mulheres que se exercitam mais de quatro horas por semana (ou andam 30 ou mais quilômetros por semana); mulheres que perderam seus períodos menstruais no passado devido ao estresse; e mulheres que têm uma fase lútea curta (a menstruação ocorre 10 dias ou menos após a ovulação).

Como essas mulheres costumam ter dificuldade para engravidar, geralmente são tratadas antes da gravidez com medicamentos que controlam todo o ciclo e estimulam os ovários a produzirem mais hormônios – a progesterona é apenas um deles. Se você suspeita que tem insuficiência lútea, o Dr. Santoro recomenda falar com seu médico sobre o tratamento. Mas, geralmente, a maioria das mulheres não consegue dizer se sua progesterona é insuficiente depois que estão grávidas. Além disso, o Dr. Santoro diz que embora os profissionais médicos acreditem que uma quantidade limite de progesterona seja necessária para uma gravidez saudável, esse limite não é bem compreendido. É frustrante para as mulheres saber que a progesterona é essencial para uma gravidez saudável, mas não serem capazes de rastrear e controlar seus níveis sem a ajuda de um médico.

Veja 5 maneiras de aumentar seus níveis de progesterona naturalmente e ter uma gravidez mais saudável
Veja 5 maneiras de aumentar seus níveis de progesterona naturalmente e ter uma gravidez mais saudável (Foto: iStock)

A boa notícia, de acordo com Wendy Warner, médica obstetra e ginecologista em Langhorne, na Pensilvânia, que também pratica medicina holística, é que a maioria das mulheres está bem. “Mas se você tem um histórico de menstruações irregulares , TPM muito severa ou perda precoce de gravidez no passado, você pode ter um problema com progesterona ou estrogênio desequilibrado”, explica ela. Nesse caso, seria ideal perguntar ao seu médico sobre as maneiras a seguir de maximizar seus níveis de progesterona naturalmente.

E mesmo que você não tenha nenhum dos sintomas acima, Dra. Warner e o Dr. Santoro dizem que esses métodos não fazem mal (contanto que você obtenha a aprovação do seu médico), especialmente se eles fizerem parte de uma gravidez e estilo de vida saudáveis.

Como aumentar os níveis baixos de progesterona naturalmente

  • 1. Mantenha o peso corporal dentro do considerado normal

Em primeiro lugar, algumas informações básicas: o estrogênio e a progesterona se equilibram no corpo. O aumento da gordura corporal pode levar à produção de excesso de estrogênio nas células de gordura (convertendo outros hormônios em estrogênio); infelizmente, os ovários não sabem que isso está acontecendo, então não produzem progesterona suficiente para compensar. Manter o peso normal não aumenta diretamente  a  progesterona. “Mas ajuda a manter os níveis de estrogênio normais, o que significa manter o equilíbrio da progesterona de maneira razoável”, diz Dra. Warner.

  • 2. Evite exercícios excessivos

O exercício normal e moderado não prejudica os níveis de progesterona ou estrogênio; em vez disso, é bom para você e seu bebê. “Mas o exercício excessivo – pense em algo como crossfit, por exemplo – pode levar a níveis desequilibrados de cortisol que irão diminuir a progesterona em geral”, explica Dra. Warner.

Veja como isso pode acontecer: o estresse de tanto esforço físico leva à produção elevada e prolongada de cortisol (o principal hormônio do estresse). Como nossos corpos não foram projetados para produzir cortisol em uma intensidade tão alta, em algum ponto o corpo procura “ajuda”, que encontra ao retirar a progesterona dos ovários e convertê-la em cortisol. Essa compensação garante a sobrevivência, mas deixa os hormônios ovarianos desequilibrados.

  • 3. Reduza o estresse

É mais fácil falar do que fazer, certo? Mas saber o que fazemos a respeito do hormônio do estresse, o cortisol (da explicação do item anterior) faz muito sentido. De acordo com a Dra. Warner, há uma ampla pesquisa mostrando que a prática de tentar mudar regularmente para emoções positivas envia a mensagem às glândulas supra-renais de que podem retomar a função normal (e parar de converter progesterona em cortisol).

Além disso, acalmar a parte cognitiva da mente pode retardar a superprodução de hormônios do estresse (que, como vimos acima, também ajuda a equilibrar a progesterona). “Yoga, natação, livros de colorir para adultos, tricô, e o que mais funcionar para você… apenas desestresse!”, Dra. Warner diz.

Após a implantação, a progesterona estimula o crescimento de vasos sanguíneos no revestimento do útero e glândulas que fornecem nutrientes ao feto, abrindo caminho para uma placenta saudável (Foto: Shutterstock)
  • 4. Pergunte ao seu médico sobre chasteberry ou vitex

“Chasteberry é uma erva conhecida por melhorar a produção de progesterona”, diz Dra. Warner. “Também é usado para TPM, menstruação irregular e suporte para gravidez precoce quando há uma história de desequilíbrio potencial de progesterona”. Especificamente, ela atua estimulando a glândula pituitária a produzir mais hormônio luteinizante (o chamado LH), que, por sua vez, sinaliza aos ovários para produzir mais progesterona. Mas reforçando: não deixe de consultar seu médico antes de qualquer coisa.

  • 5. Acupuntura

“Os níveis de progesterona e estrogênio não são mencionados especificamente na medicina chinesa”, diz Dra. Warner, “mas muitos estudos mostram que há melhora na implantação após a fertilização in vitro, bem como diminuição na perda de gravidez se a acupuntura for feita no início e regularmente durante a gravidez”. Apenas certifique-se de ter a aprovação do seu médico antes de tentar este método.