Gravidez

6 reações que seu corpo pode ter no pós-parto

É normal e vai ficar tudo bem!

Nathália Martins

Nathália Martins ,Filha de Sueli e Josias

(Foto: iStock)

(Foto: iStock)

Seu filho finalmente nasceu, que felicidade! Agora chega de dores, só coisa boa e nada de sofrer. Será mesmo? O momento do pós-parto é incrível, já que você finalmente consegue ter seu bebê no colo, mas não estranhe as reações que seu corpo pode ter nessa fase. Separamos 6 transformações que podem (e provavelmente vão) acontecer com você agora que você deu à luz:

“Massagem”

Depois de entregar o seu bebê e a placenta, o médico pressionará suavemente a sua barriga para ajudar o útero a contrair e reduzir o sangramento. Vale lembrar que o nome é “massagem”, mas ela pode ser desconfortável para algumas mães.

O agito é normal  

O parto é um grande acontecimento – o que pode ser o motivo pelo qual é comum todo o corpo tremer no final do parto ou logo depois. É causada por uma combinação da adrenalina de empurrar o bebê e de alterações hormonais. Esse movimento geralmente dura pelo menos alguns minutos e desaparece dentro de uma hora. Se você sentir calafrios no dia seguinte do parto, isso pode ser um sinal de infecção e você deve notificar seu médico.

Pode precisar de pontos  

Seu médico pode decidir que você precisa de uma episiotomia (uma incisão cirúrgica no períneo, a área entre a vagina e o ânus, para ajudar no nascimento do bebê), ou você pode ter uma lesão natural que requer pontos.

Se você recebeu uma epidural, nenhum outro medicamento será necessário para o reparo. Se não, você receberá anestesia local. Qualquer ponto nessa área se dissolverá por conta própria ao longo do tempo. Para a dor que se segue, almofadas, compressas frias ou um banho de assento (sentado em uma bacia rasa de água morna) podem ser calmantes. Você também pode perguntar ao seu médico sobre um creme anestésico ou algum remédio para aliviar a dor.

Se você tiver uma cesariana, seu médico usará pontos ou grampos para fechar a incisão em seu abdômen. Os pontos se dissolvem por conta própria ao longo do tempo, mas os grampos precisarão ser removidos por um médico em cinco a sete dias.

Você vai sangrar por um tempo  

Essa secreção, ou lóquio, é o revestimento uterino que se acumulou durante a gravidez. É vermelho brilhante nos primeiros dias (e os coágulos sanguíneos com tamanho de bola de golfe ou menor são normais), mas deve diminuir e tornar-se mais claro nas semanas após o parto. Informe o seu médico se você tiver coágulos sanguíneos de tamanho maior; isso pode ser um sinal de hemorragia que requer uma avaliação imediata.

O inchaço é normal

Durante a gravidez, seu volume de sangue aumenta em até 50%. E enquanto você perde sangue durante o parto, esse sangue extra, assim como os fluidos IV que você recebe durante o parto ou cesariana, precisam ir para algum lugar. Como resultado, você pode notar inchaço nas pernas ou nas áreas vaginal e labial. No entanto, isso deve resolver dentro de dez dias a duas semanas depois de ter seu bebê.

Xixi 

Enquanto seu corpo tenta se livrar do fluido extra, você precisa urinar com a mesma frequência de quando estava grávida. Infelizmente, o parto pode causar danos ao seu trato urinário: você pode ter dificuldade para ir ou sentir quando precisa ou pode vazar quando tosse e espirra nos primeiros dias. Mas informe o seu médico se persistir por mais de algumas semanas.

Leia também:

Depressão pós-parto: “Queria deixá-los em seus berços e fugir, para nunca mais voltar”

Pós-parto: mãe é confundida com grávida por conta de sua barriga e desabafa

Relato de mãe: “Eu não tinha ideia de que me sentiria assim no pós-parto”

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não