7 exercícios para fazer em casa que ajudam a induzir o parto

Para auxiliar na indução do parto de forma natural, existem 7 exercícios indicados por profissionais que podem ser feitos em casa. No entanto, sempre consulte um médico obstetra antes de realizar a atividade

Resumo da Notícia

  • Veja exercícios que ajudam a induzir o parto de forma natural
  • Todas as práticas citadas podem ser realizadas em casa
  • Consulte um médico antes de tentar

Algumas mulheres grávidas acabam passando da data prevista do parto, mas isso não é motivo de preocupação. Existem alguns exercícios que podem ser realizados em casa, para induzir o parto de forma natural e segura.

-Publicidade-

A prática pode ajudar a posicionar o bebê de forma adequada, além de melhorar o alinhamento do corpo da mãe. No entanto, é necessário observar as condições de cada gravidez. De acordo com a endocrinologista reprodutiva Ilana Ressler, algumas mulheres que possuem riscos na gravidez, devem evitá-las completamente. “É importante que toda mulher grávida discuta a indução do parto e planeja tentar em casa com seu médico”, afirma.

Já as mulheres que possuem condições para isso, devem fazer com segurança através de movimentos intencionais e de menor impacto. “Para uma pessoa de baixo risco, exercitar-se (ou realizar movimentos em geral), prestar atenção à sua postura, é uma das coisas mais importantes a se fazer”, explica Ashley Brichter, fundadora e CEO da Birth Smarter, que oferece in- aulas presenciais e virtuais de parto para futuras mães.

Exercícios que ajudam a induzir o parto
Exercícios que ajudam a induzir o parto (Foto: Getty Images)

Ela afirma que, para que o trabalho de parto comece com segurança, o bebê deve estar em uma posição ideal (de cabeça para baixo, de costas e com o queixo dobrado). As mulheres também devem incentivar a postura corporal adequada para obter mais espaço na região lombar, facilitando a saída da criança. “O que eu procuraria é apenas trabalho de alinhamento na postura. Além de tentar trazer algum equilíbrio ao corpo e a região pélvica”, acrescentou.

Para isso, a Dra. Ashley, listou 7 exercícios que irão ajudar no processo da indução do parto de forma natural. Lembrando que todos eles podem ser praticados em casa:

Junte os pés

“Muitas mulheres grávidas tem o costume de abrir os pés. No entanto, deixar os dedos paralelos podem ajudar a separar os ossos do assento”, disse ela. Dessa forma, terá mais espaço na região lombar, facilitando o trabalho de parto.

Mantenha a postura

Em vez de empurrar a barriga para a frente quando estiver em pé, mantenha-se alinhada com os quadris sobre os tornozelos. Essa postura incentiva o bebê a se mover para a posição correta. Da mesma forma, tente não relaxar quando estiver sentada.

Sente-se em uma bola de pilates

Em cima da bola, utilize posições neutras e pernas abertas. Esse exercício irá aumentar o fluxo sanguíneo, abrir a região pélvica e estimular a dilatação cervical. Além disso, rotações circulares do quadril, balanço e saltos suaves também podem dar bons resultados.

Faça caminhadas

Exercícios aeróbicos de baixo impacto podem trazer muitos benefícios durante a gravidez. A caminhada, em especial, ajuda na dilatação cervical e permite que o bebê caia na pelve. Além disso, caminhar também pode aliviar a ansiedade para o trabalho de parto.

Exercícios para induzir o parto
Exercícios para induzir o parto (Foto: Reprodução / Jose Luis Pelaez / Getty Images)

Incline a região pélvicas

Durante o parto, os ossos da região pélvica se afastam para acomodar a cabeça do bebê. Mantenha as articulações soltas enquanto realiza o exercício. Eles podem ser feitos deitada com as costas no chão e os pés no chão, com os joelhos dobrados. Levante lentamente a pélvis até que fique paralela ao seu tronco. Segure por 10 segundos, retorne à sua posição inicial e repita várias vezes.

Realize o exercício borboleta

Essa prática pode aumentar a flexibilidade das articulações pélvicas, melhorar o fluxo sanguíneo e facilitar o parto. Para realizá-lo, sente-se de forma ereta no chão e junte a sola dos pés enquanto dobra os joelhos. Puxe os pés em direção ao corpo para sentir o alongamento na região do quadril e na parte interna das coxas.

Faça Lunges

Esse exercício ajuda a alongar os quadris e abrir a pélvis, facilitando a posição do bebê para o parto. Para realizá-lo, é necessário dê um grande passo à frente com uma perna, mantendo o joelho flexionado, enquanto a outra perna se mantém posicionada para trás. Faça essa sequência repetindo com a outra perna.

Como saber se posso realizar a indução do parto?

Embora os especialistas geralmente recomendem exercícios regulares para mulheres grávidas de baixo risco, o Colégio Americano de Obstetras e Ginecologistas (ACOG) não aconselha a prática caso apresente sintomas como: sangramento vaginal, dor abdominal, contrações dolorosas regulares, vazamento de líquido amniótico, falta de ar, tontura, dor de cabeça, dor no peito, fraqueza muscular afetando o equilíbrio e dor ou inchaço na panturrilha.

Sempre converse com seu médico sobre o assunto, especialmente a gravidez for de alto risco. Além disso, também discuta seus planos com um fisioterapeuta. “As parteiras e ginecologistas são ótimas em manter as mulheres grávidas seguras, mas não são necessariamente especialistas na estrutura do corpo”, reforçou a Dra. Ashley Brichter. “Se você está pensando em começar os exercícios para induzir o parto, converse com uma fisioterapeuta feminina”, disse.

“Se seu corpo não está pronto para o trabalho de parto, não force”, acrescentou Joyce Gottesfeld, ginecologista da Kaiser Permanente em Denver. Afinal, apesar da prática preparar o corpo da mulher para o nascimento do bebê, o método ainda não é comprovado para indução do parto. “Se uma mulher estiver interessada em tentar, é melhor discutir com seu médico”, finalizou a Dra. Ilana Ressler.

Extraído da revista Parents, copyright ©️ 2014 Meredith Corporation. Todos os direitos reservados. Reimpresso com permissão. Sujeito às leis e tratados nacionais e internacionais de propriedade intelectual. Parents®️ é uma marca registrada nos EUA da Meredith Corporation.