Avó gera neto para a filha que perdeu o útero durante tratamento contra o câncer

Dona Tereza, que é mãe da enfermeira Thais Marina Soares, tem 58 anos de idade e aceitou ser a barriga solidária da filha

Resumo da Notícia

  • Thais Marina Soares tinha apenas 22 anos quando quando precisou retirar o útero
  • O casal decidiu fazer uma fertilização
  • Ela pediu para sua mãe ser a barriga solidária e Dona Tereza concordou
   
O casal Decidiu fazer um fertilização (Foto: Vanessa Pires/G1)

A enfermeira Thais Marina Soares tinha apenas 22 anos quando quando precisou retirar o útero durante um tratamento contra o câncer de colo do útero. Acontece que ela e o marido sempre sonharam em ter um filho.

-Publicidade-

“Quando descobrimos o tumor no colo do útero não dava mais tempo de fazer nada, tive que tirar o útero, mas o médico deixou o ovário para eu não entrar em menopausa”, relatou a enfermeira ao G1.

Com o passar do tempo ela e o marido decidiram adotar uma criança mas descobriram que a espera seria de no mínimo 2 anos o que fez o casal se desesperar.

-Publicidade-

Foi então que os dois decidiram fazer uma fertilização, Thais pediu para sua mãe ser a barriga solidária e ela concordou. “Não tinha como ser outra pessoa”, ressaltou.

(Foto: José Neto Fotografia Criativa/Divulgação)

A mãe da enfermeira, Tereza, de 58 anos, já está grávida de 8 meses e relatou: “Comecei o tratamento com vários profissionais […] Meu marido falou que a decisão que eu tomasse ele apoiaria. Não tive medo por ser gravidez de risco. Não parei minha vida, vou à missa, ao supermercado, as pessoas ficam olhando, mas não perguntam nada. Se perguntar eu falo que não é meu”, concluiu a dona de casa.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-