Bárbara Evans reclama de hemorroidas e incontinência urinária durante gravidez: “Como romantizam?”

Esperando por Ayla, fruto do relacionamento com Gustavo Theodoro, Bárbara Evans mandou a real sobre a romantização da gravidez e falou que nem tudo são flores

Resumo da Notícia

  • Bárbara Evans fez um desabafo neste domingo, 20 de março
  • A modelo reclamou sobre a romantização da maternidade e dificuldades da gravidez
  • Ela está esperando por Ayla, fruto do relacionamento com Gustavo Theodoro

Bárbara Evans usou as redes sociais neste domingo, 20 de março, para fazer um desabafo. Grávida de Ayla, fruto do relacionamento com Gustavo Theodoro, a modelo contou que sente muitas seguidoras romantizando a maternidade.

-Publicidade-

“Eu acho incrível como tem mulheres que romantizam a gravidez. É uma coisa maravilhosa, de outro mundo? Eu acho. Nem consigo acreditar que podemos gerar uma criança, isso é de outro mundo, real. Mas como que romantizam, né? É normal passar mal, é normal tudo”, começou o desabafo.

“No final, minha gente, o que eu tenho para falar é que até hemorroida dá, pela pressão do bebê, e você sai do banho e continua fazendo xixi, incontinência urinária. E é mil maravilhosa, né gente, tranquilo, é o máximo”, ela mandou a real em suas redes sociais.

 Bárbara Evans faz desabafo sobre romantização da maternidade
Bárbara Evans faz desabafo sobre romantização da maternidade (Foto: reprodução/Instagram/@barbaraevans66)

“Não sei se as mulheres não querem reclamar por conta do marido, só sei que eu reclamo mesmo, falo a verdade mesmo. Falei durante a gestação inteira, mas eu falo a realidade do que está acontecimento. Ah, gente, pelo amor de Deus. Fala logo que está passando mal, assume que não é fácil, porque não é”.

“Lógico que tem aquela grávida que não sente nada, isso é coisa que não entendo como funciona. Entendo que a gente vai passar por isso quantas vezes for preciso pelo nosso filho, que é o nosso maior amor, mas vamos reclamar também, porque o buraco é bem mais embaixo. Quanto mais vai chegando lá, a ladeira é mais íngreme ainda”.