Bebê morre na barriga da mãe e família acusa hospital de negligência

A denúncia do caso foi feita na última quinta-feira ao portal FolhaBV. A situação aconteceu no Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazaré, em Roraima

Resumo da Notícia

  • Um bebê morreu na barriga da mãe momentos antes do parto em Roraima
  • Agora, a família da mulher está acusando o hospital de negligência médica
  • O caso aconteceu no Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazaré

Uma bebê faleceu dentro da barriga da mãe momentos antes do parto, em Roraima. A denúncia do caso foi feita ao Portal Folha BV na última quinta-feira, 9 de dezembro, onde a família relatou negligência na hora de cuidar da gestante. A situação aconteceu no Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazaré – e a Secretaria de Saúde também se pronunciou.

-Publicidade-

De acordo com relato dos familiares, a mãe em questão deu entrada no hospital no último sábado, 4 de dezembro. No momento, foram realizados procedimentos e exames na mulher e no bebê – e os profissionais teriam afirmado que tudo corria bem, e que ainda não era hora do parto.

O médico teria recomendado ainda que a mulher retornasse ao hospital na segunda-feira, 6 de dezembro, para a chegada da criança. No dia esperado, porém, foram feitos novos exames que constataram que o bebê estava morto na barriga da mãe – já que “havia passado da hora de nascer”.

O bebê foi dado como morto
O bebê foi dado como morto (Foto: Getty Images)

A Secretaria de Saúde se pronunciou em nota enviada também ao portal Folha BV sobre o caso. “No sábado, 4, a paciente deu entrada na Maternidade e passou pela triagem. Foi acompanhada por médico obstetra, recebeu a avaliação necessária e foi liberada, visto que o quadro de saúde estava estável e não apresentava risco na gestação”, esclarece a nota.

O órgão ainda garante que todo o atendimento foi feito dentro dos protocolos do Ministério da Saúde – e que a mãe teria recebido a assistência médica necessária tanto no dia 4, em que o bebê estava vivo, quanto no dia 6 – quando foi constatado que o bebê faleceu.