Chrissy Teigen diz que quer ter mais filhos com John Legend após perder bebê: “Não é o fim da jornada”

A modelo abriu o jogo sobre a infertilidade e o luto gestacional após sofrer aborto espontâneo na 20ª semana da terceira gravidez com o músico

Resumo da Notícia

  • Chrissy Teigen comoveu o mundo todo ao compartilhar que havia perdido filho com John Legend, Jack, na 20º semana de gravidez
  • Desde aquele dia a família tem tentado se recompor à perda do bebê e agora oferece ajuda aos que também estão passando por luto gestacional
  • Ela ainda comentou que ainda quer aumentar a família e já tem óvulos congelados

Chrissy Teigen comoveu o mundo todo ao compartilhar que havia perdido filho com John Legend, Jack, na 20º semana de gravidez. Desde aquele dia a família tem tentado se recompor à perda do bebê e agora oferece ajuda aos que também estão passando por luto gestacional.

-Publicidade-

A modelo recentemente fez parceria com a RESOLVE, que é a associação nacional da infertilidade, em busca de lançar um projeto chamado ‘Fertility Out Loud’, que traduzindo ficaria ‘Fertilidade em Voz Alta’. O objetivo da campanha é ajudar qualquer um que esteja tendo dificuldades em aumentar a família.

A causa é muito querida para Teigen, tendo em vista que, mesmo antes dela perder Jack, ela já havia comentado sobre a própria fertilidade e Fertilização In Vitro (FIV), nas redes sociais.”Tenho sido aberta sobre muitas coisas ao longo da minha vida, e então [a infertilidade] não parecia ser uma coisa louca de se falar. Mas quanto mais eu falava sobre isso, mais percebia como era um tabu”, diz. “Mas, às escuras, recebia mensagens, cartas e e-mails sobre isso. Percebi que as pessoas não achavam que poderiam falar sobre [a infertilidade] em um fórum aberto, mas não tinham problema em comentar no particular”.

Chrissy Teigen começou projeto sobre fertilidade após perder filho com John Legend (Foto: Reprodução/ Instagram)

A mulher ainda comenta sobre o FIV e como o processo pode ser difícil, chegando até a deixar as pessoas alienadas ou desinformadas.“Eu realmente pensei que diria a eles quando desceria a minha menstruação e iríamos colher os ovos e apenas raspá-los do meu corpo e pronto”, explica. “Mas todo processo até chegar a isso, de deixar seu corpo pronto para isso, pode ser brutal. Há um monte de fotos que eu olho para trás agora e eu fico tipo, ‘Meu Deus, eu estava extremamente inchada'”.

A atriz também acha muito positivo compartilhar as partes boas do processo, como por exemplo quando ela colocou o embrião da primeira filha, Luna. Apesar de receber criticas de internautas pela franqueza, ela também é recebida com gratidão e compaixão pelos seguidores. Como aconteceu quando falou sobre a perda de Jack, quando postou imagem e texto emocionantes no Instagram e no Medium.

Ela e a família continuam trabalhando para manter o espírito de Jack vivo. “Na cultura tailandesa, somos muito abertos sobre a morte, falamos sobre a perda e quando alguém não resite, eles ainda fazem parte da nossa vida”, conta Teigen. “Eu meio que tenho oscilado entre a tradição tailandesa de manter o meu ente querido por perto, mas também querendo libertá-lo e querendo que ele faça parte da Terra novamente”.

Chrissy Teigen e John Legend perderam o filho na 20ª semana da gravidez (Foto: Reprodução / Instagram)

A mãe de dois e John Legend estão pensando na ideia de jogar as cinzas de Jack (e onde), mas até lá, eles vão continuar a homenageá-lo de outras maneiras, incluindo com músicas. “[John] tem uma música que, quando for lançada, vai ser… Acho que todos vão saber de qual música estou falando, porque é tão linda”, diz Chrissy. Ela ainda comparou com o clipe da música Wild, que o marido fez para anunciar a gravidez. “É difícil assistir agora porque filmamos isso em uma época em que estávamos tão esperançosos”, comenta. Veja o clipe abaixo.

Chrissy Teigen também teve dificuldade em aceitar o fato de que ela não deveria tentar engravidar novamente. “Ainda é difícil para mim”, diz. “Estou fazendo terapia e algo que me pergunto com frequência é: como não posso [carregar filhos] agora, já que tenho um útero realmente saudável”. Tendo em vista que ela fez tratamento para endometriose. “Uma coisa que ficou na minha cabeça é que Jack era muito saudável, e era apenas um problema no meu corpo. Na minha mente, eu penso, ‘eu preciso tentar de novo’. Eu quero tentar de novo. Acredito que meu corpo está em um lugar melhor do que antes”.

A mulher ainda disse que tem óvulos congelados e que estaria disposta a colher mais óvulos, apesar de odiar o processo. Mesmo que nem seja ela que carregue o bebê. “Não é o fim da minha jornada de forma alguma”. A mulher ainda conclui apontando que se tornar pai não é um caminho reto, e mesmo que difícil, quer continuar tentando com Legend.