Com quantos meses o bebê mexe: saiba quando você pode sentir os primeiros chutes na gravidez

Você sabia que os primeiros movimentos do bebê podem passar despercebidos? Te explicamos quando eles começam a acontecer e o que fazer para conseguir sentir

Resumo da Notícia

  • Os bebês começam a mexer na barriga desde muito cedo
  • Muitas vezes, essa sensação é imperceptível e pode aparecer só depois de alguns meses
  • Além disso, algumas mulheres continuam sentindo os chutes na barriga mesmo após o parto, chamada de "síndrome do bebê fantasma"

Quando o teste de gravidez dá positivo, logo vem aquele mix de sentimentos e a ansiedade de quando o primeiro chute do bebê vai acontecer. Mas, você sabia que, apesar de não sentir, ele já começa a mexer nas primeiras semanas? No começo, pode ser que você tenha a sensação de pequenas ondas ou bolhas de ar na barriga, que geralmente acontecem pelo deslocamento do líquido amniótico, chegando até a parede uterina.

-Publicidade-

Se você for mãe de primeira viagem, é comum surgir aquela insegurança sobre quando os chutes vão começar. Mas, calma! Nem tudo tem um padrão. Por isso, é muito importante realizar o pré-natal e sempre conversar com o seu obstetra para tirar dúvidas e se sentir mais segura durante a gravidez.

Quando o bebê começa a mexer na barriga

O bebê começa a mexer desde muito pequeno, mas para que a mãe de fato perceba isso pode levar algum tempo. “A mulher geralmente começa a sentir perto das 20 semanas de gestação“, comenta Igor Padovesi. “Tipicamente, não se sabe bem porquê, na segunda gestação a percepção dos movimentos acontece antes, normalmente perto das 16 ou 17 semanas”.

Geralmente, o bebê começa a mexer desde cedo, mas a mãe só sente após 16 semanas de gravidez (Foto: Getty Images)

Estou grávida e não sinto nada na minha barriga

Algumas mulheres podem não ter nenhum sintoma de gravidez ou perceberem que estão grávidas. Apesar de não ser a maioria dos casos, as mudanças no corpo podem levar algum tempo para aparecer, principalmente quando a gestação ainda é recente. Mas, caso você se sinta insegura, não hesite em procurar pelo aconselhamento de um especialista.

É normal não ter sentido o bebê mexer ainda?

Como não existe uma regra, é normal que a mãe não tenha sentido o bebê mexer pela primeira vez. Justamente por ser uma sensação nova e diferente, pode ser confundida com cólicas ou gases. Geralmente, as mães de primeira viagem podem sentir o bebê chutar por volta do 5º mês de gravidez.

Como fazer para sentir o bebê mexer

Aquela ansiedade para sentir o bebê mexer na barriga existe e a boa notícia é que existem algumas “técnicas” para conseguir prestar atenção aos movimentos. A primeira dica é deitar de barriga para cima, principalmente no período noturno, pois muitas mulheres falam sobre uma maior percepção de sentir os chutes neste momento.

Você pode tentar também colocar uma bola de pilates ou travesseiros para elevar as pernas, mantendo-as mais altas do que o quadril. Mas, o principal conselho é relaxar e não se cobrar! Cada gravidez tem o seu tempo e o fato do bebê não mexer muito não significa que algo está errado.

É normal deixar de sentir o bebê mexer na barriga?

Se o bebê está mexendo com menos frequência, é preciso estar de olho em sua rotina, principalmente quanto a alimentação, atividades do dia a dia, exercícios físicos e até mesmo questões emocionais. Vale lembrar ainda que 40% das mães falam sobre uma redução dos movimentos do bebê em algum momento da gravidez. Em grande parte dos casos, a situação é apenas passageira, sem trazer nenhum risco à gestação

Agora, se você notou uma diminuição drástica nos chutes, principalmente se a gravidez for de risco, é muito importante comunicar o seu obstetra, que irá avaliar o desenvolvimento do bebê. De 1 a cada 4 gestações que apresentam reduções de movimentos fetais pode estar ligada a:

  • Bebê pouco desenvolvido para a idade gestacional
  • Deficiência de líquido amniótico)
  • Restrição do crescimento fetal
  • Ameaça de trabalho de parto prematuro.
  • Infecções intra-uterinas
  • Insuficiência placentária

Como é a sensação do bebê mexendo na barriga?

Se for sua primeira gravidez, é possível confundir os movimentos e chutes do bebê com cólicas ou gases. Muitas mães descrevem o momento como bolhas estourando, ou ainda a sensação de estar com fome, quando o estômago começa a roncar. Mas, outras sensações são:

  • Tremores
  • Contrações nervosas
  • Peixes nadando
  • Frio ou borboletas na barriga

Conforme o desenvolvimento do bebê, ele vai começar a ficar mais forte e ativo, fazendo com que os famosos chutes apareçam e esses movimentos não causem dúvidas. Por volta do terceiro trimestre (a partir da 28ª semana), você irá conseguir perceber também sua barriga mexendo e esticando de um lado para o outro. Isso acontece devido o tamanho aumentado do útero, fazendo com que mesmo os pequenos movimentos do bebê sejam mais facilmente percebidos.

O bebê pode mexer várias vezes ao dia, mas não existe um número exato de controle dos movimentos (Foto: Shutterstock)

Quantas vezes é normal o bebê mexer por dia?

Não existe uma regra, mas o bebê irá se mexer várias vezes durante o dia. Apesar de não ter um número exato de movimentos, é importante lembrar que cada criança tem suas próprias características. Por isso, durante a gravidez você irá reconhecer o seu próprio padrão individual.

Até as 32 semanas, os chutes podem aumentar, mas depois começam a ser mais estáveis até o momento do parto. Quando os movimentos param, geralmente é porque o bebê está dormindo, mas raramente esse cochilo demora mais que 90 minutos. É estimado que quando o bebê está acordado, pode-se ter 30 movimentos por hora, mas nem todos são notados pela mãe.

Barriga mexendo sem estar grávida. O que pode ser?

De acordo com o ginecologista, o principal culpado pela barriga tremer sem estar grávida é o intestino. “Ele é o único órgão que tem movimentação dentro do abdome, ou seja, não é estático”, explica. “Por conta do peristaltismo, a motilidade intestinal, ele se mexe – diferente de todos os outros órgão dentro do abdome”, completa.

No caso das trompas, o especialista explica que elas também possuem certa mobilidade, mas “é mínima e imperceptível”. Portanto, quando o assunto é a sensação da barriga mexendo ou tremendo, elas geralmente não são responsáveis pela situação. Saiba como fazer a barriga parar de tremer se não for por causa da gravidez. 

Algumas mulheres podem sentir chutes na barriga anos após o parto!

Conhecida como “síndrome do bebê fantasma”, a situação acontece quando a mãe continua sentindo o bebê chutar mesmo após o nascimento. Apesar de não trazer nenhum risco para a saúde física da mulher, pode causar diversos sentimentos, como sensações reconfortantes de lembrar o momento especial e também a saudade. Mas, por outro lado, outras se sentiram confusas e tristes, principalmente aquelas que passaram por um aborto espontâneo, parto prematuro ou gravidez de risco. 

Não se tem ao certo uma resposta científica do motivo da síndrome do bebê fantasma acontecer, pois há a falta de estudos sobre o tema. Mas, alguns especialistas refletem sobre uma possível semelhança com a questão de membros amputados, apesar de não haver inervação. De acordo com o Dr. Igor Padovesi, é provável que a causa possa ser psicológica.

“É diferente de um membro amputado, por exemplo, pois não existe uma inervação. Neste caso faz mais sentido, porque existe um nervo que é cortado e depois de um tempo a pessoa pode ter uma sensação real, que tem uma explicação neurológica. Já no caso dos movimentos do bebê, isso não existe”, conclui o médico.