Contrações de treinamento: veja causas, sintomas e saiba diferenciar do trabalho de parto

Também chamadas de contrações de Braxton Hicks, elas são uma maneira do seu útero se preparar para o nascimento – nem sempre são sinal de que você está prestes a dar à luz!

Resumo da Notícia

  • Conhecidas como contrações de treinamento, essas contrações são cientificamente chamadas de Braxton Hicks
  • Elas são uma maneira do seu útero se preparar para o nascimento
  • Saiba quais os sintomas e como diferenciá-las do trabalho de parto

À medida que seu corpo se prepara para o parto, seu útero também começa a se preparar. As contrações de Braxton Hicks, ou, como são popularmente conhecidas, “contrações de treinamento“, são uma maneira do útero praticar para o verdadeiro trabalho de parto.

Essas contrações leves geralmente não causam dor real, elas parecem mais com um endurecimento ou aperto do útero e normalmente duram de 30 segundos a 2 minutos. Geralmente começam no segundo trimestre, em torno das 20 semanas de gestação. Se você estiver grávida do segundo ou terceiro filho, no entanto, elas podem vir mais cedo (e mais intensas).

Conheça quais são os sintomas das contrações de treinamento e os das contrações do parto para estar preparada para diferenciar e saber o que fazer quando elas chegarem:

Contrações de treinamento: veja causas e sintomas (Foto: reprodução Pinterest / Parents)

Sintomas de Braxton Hicks ou Contrações de Treinamento

A maior diferença é que as contrações de Braxton Hicks acontecem de forma irregular – são muito esporádicas e não ocorrem em um padrão certo, como as contrações reais. Eles diferem de mulher para mulher e de gravidez para gravidez. Algumas mulheres os têm várias vezes ao dia; outras, parecem não tê-las.

As contrações de treinamento tendem a parecer mais intensas e acontecem com mais frequência à medida que a gravidez progride. Além disso, elas acontecem frequentemente após exercícios físicos ou relação sexual. Se você achar as contrações desconfortáveis, faça o possível para relaxar quando elas ocorrerem. Tente se deitar, ou sair para caminhar. Praticar exercícios respiratórios também podem ajudar.

Sintomas do parto

Se suas contrações ocorrerem regularmente – a cada 10 minutos ou mais de 6 vezes por hora – você pode estar em trabalho de parto e deve ligar imediatamente para o seu médico.

Aqui estão outros sinais de que chegou a hora de pegar a mala e ir para a maternidade:

  • Se as contrações estão ficando mais fortes com o passar do tempo. Braxton Hicks não ficará mais intenso com o passar do tempo e é frequentemente descrito como mais desconfortável do que insuportável. Mas as dores do parto definitivamente progridem.
  • se as contrações continuam chegando, mesmo depois que você levanta os pés e bebe grandes copos de água.
  • Se o aperto do seu útero é acompanhado por dores nas costas, pélvicas ou abdominais ou cãibras.
  • Se você tem corrimento vaginal incomum ou acha que sua bolsa rompeu.
  • Se você está bem perto da data do nascimento. O Braxton Hicks pode ocorrer a qualquer momento, mas é mais comum no início do último trimestre, pois seu corpo começa a contagem regressiva final para o dia do nascimento.
  • Se seu médico acha que está na hora. Se você consultou o obstetra e ele disse para ir à maternidade, pode ser que seu filho esteja a caminho!