Coronavírus e gravidez: esclarecemos as 10 principais dúvidas sobre os riscos e cuidados para mãe e bebê

A pandemia trouxe muitas dúvidas em relação aos cuidados para as gestantes. Conversamos com a ginecologista e obstetra Dra. Thalita Domenich para te ajudar nesse período

Resumo da Notícia

  • Com a pandemia do novo coronavírus, surgiram diversas questões sobre a doença durante a gravidez
  • Conversamos com a Dra. Thalita Domenich, ginecologista e obstetra, para tirar essas dúvidas
  • Separamos as 10 principais e explicamos quais os riscos e cuidados a serem tomados
Saiba os cuidados que deve ter com o novo coronavírus durante a gestação (Foto: Getty Images)

A gravidez, muitas vezes, é um momento aguardado e delicado na vida da mulher. O corpo muda, a rotina muda, os pensamentos mudam e há muito mais preocupação e cuidado com a saúde. Com a pandemia do novo coronavírus, muitas dúvidas surgiram em relação ao tema. Conversamos com a Dra. Thalita Domenich, ginecologista e obstetra, mestre em Ginecologia pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de SP, filha de João Carlos e Ana Regina, e grávida de João Victor, para esclarecer as principais questões e garantir a saúde e segurança, tanto da mãe quanto do bebê, nessa fase tão importante:

As grávidas fazem parte do grupo de risco do covid-19? 

Inicialmente, as grávidas não foram incluídas no grupo de risco da doença, pois ela parece se comportar nas gestantes exatamente como na população de baixo risco. No entanto, devemos considerar que o fato de uma mulher estar grávida leva a uma série de alterações hemodinâmicas, como aumento do débito cardíaco e diminuição da capacidade respiratória, que aí sim pode gerar complicações caso ocorra a contaminação pelo novo coronavírus. Além disso, a gestação é um momento de imunossupressão onde a doença pode ter um desfecho mais grave.

Quais os riscos da grávida contrair o novo coronavírus, tanto para ela quanto para o bebê?

Os riscos para a gestante são exatamente os mesmos que para a população geral, de um quadro grave com insuficiência respiratória. Mas o coronavírus não atinge mais as gestantes que os outros grupos. Também não mostrou, até o momento, desfechos desfavoráveis nas grávidas. Mesmo assim, devemos considerar que qualquer infecção nas gestantes pode levar a abortamento ou trabalho de parto prematuro. Em relação ao bebê, os estudos não demonstram transmissão via placentária; entretanto, em alguns casos houve contaminação no momento do parto.

As grávidas infectadas transmitem a doença para o bebê? 

Os estudos não mostraram transmissão do vírus de mulheres infectadas via placentária. É provável que, nesse caso, a placenta se comporte como uma barreira para o vírus.

Quais os cuidados que as grávidas precisam tomar para se prevenir do coronavírus? 

Os mesmos cuidados que a população geral: uso de máscaras, lavagem frequente das mãos e isolamento social.

Caso a grávida contraia o coronavírus, o que deve fazer? 

Ela deve seguir as mesmas orientações da população geral. Se tiver sintomas leves, deve cumprir a quarentena em casa. Se tiver febre alta associada à falta de ar, deverá procurar um pronto socorro. Também é essencial sempre avisar seu médico obstetra.

Como fica o pré-natal durante a pandemia? A gestante deve manter as consultas presenciais indo ao obstetra ou hospital? 

Sim, até porque a covid-19 é uma doença muito nova e certamente ainda não temos todo o conhecimento do seu comportamento na gestação. É preciso continuar fazendo seu pré-natal regularmente, onde as consultas presenciais são fundamentais para controle de peso e pressão arterial. Deverá comparecer preferencialmente desacompanhada, no horário marcado para evitar encontro com outros pacientes, ir de máscara e não retirá-la em nenhum momento, além de higienizar as mãos com álcool em gel sempre que possível.

As prevenções básicas contra o coronavírus devem ser seguidas pelas grávidas também (Foto: Getty Images)

Quais os cuidados na hora de ir para o hospital?

A gestante deverá utilizar máscara, usar álcool gel nas mãos e sempre levar seu cartão pré-natal.

Quais cuidados devem ser tomados durante o parto? 

As maternidades que atendem por convênio em São Paulo, por exemplo, estão solicitando que a paciente e o acompanhante realizem o teste para coronavírus até 2 dias antes, em caso de parto agendado, para que utilizem equipamentos de proteção específicos se o resultado do exame der positivo. De qualquer maneira, a principal recomendação é que todos da equipe, a paciente e o acompanhante utilizem máscaras durante toda a internação e o parto, além da adequada higienização das mãos.

As mulheres infectadas pela covid-19 podem amamentar? Quais os cuidados necessários?

Sim, a recomendação universal é que a amamentação seja realizada sempre que possível; só não ocorrerá caso a paciente esteja em ventilação mecânica. É preciso fazer isso sempre de máscara e lavar bem as mãos antes e depois das mamadas.

A mãe pode tocar ou segurar o bebê se tiver covid-19?

Sim, desde que higienize bem as mãos e utilize máscara a todo momento. Entretanto, a mãe não deve beijar a criança.