Gravidez

É mãe de primeira viagem? Saiba o que esperar do primeiro trimestre de gestação

Após a sexta semana, já dá para ouvir o coração do bebê

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

gravidez

Foto: Istock

 

Quando o teste de gravidez dá positivo,  além da alegria, uma imensidão de dúvidas e preocupações aparece na cabeça dos futuros pais. E o primeiro trimestre de gestação costuma ser o que mais preocupa os casais.

Isso porque o risco de sangramentos e abortos costuma ser maior no período, atingindo cerca de 15% a 20% dos casos. Contudo, esta fase da gravidez não deve ser sinônimo apenas de adversidades, visto que, apesar de familiares e amigos, muitas vezes, ainda não saberem que um bebê está a caminho, muitas coisas estão acontecendo  no corpo da mãe.

“No primeiro ultrassom, realizado com cerca de 4 semanas de atraso, só podemos ver o saco gestacional. Na semana seguinte, já é possível observar  a vesícula vitelínica, que é essencial para a formação do embrião.  Com seis semanas, vai aparecer o embrião e já teremos batimentos cardíacos. Três semanas depois, o embrião vira feto e já começa a se formar os bracinhos.  Na 11ª semana há a definição do sexo”, explica o ginecologista e obstetra Wagner Hernandez, mestre em obstetrícia pela Universidade de São Paulo (USP) e pai de Gustavo.

Mudanças no corpo

Ainda que para a mulher as principais mudanças do período ocorram por conta dos hormônios – possibilidade de gases, intestino preso e enjoos, devido à progesterona; com o passar das semanas já é possível verificar algumas alterações no corpo feminino, como o aumento das mamas, o escurecimento das aréolas e, a partir das 12 semanas, uma leve barriguinha. “Por volta da 12ª semana, o útero sai da pelve e já começa a se transformar em uma barriguinha, ficando mais perceptível para as outras pessoas”, diz o médico.

É exatamente este período pelo qual passa a apresentadora Sabrina Sato, que anunciou a gravidez da primeira filha, com o ator Duda Nagle, no final de abril e há alguns dias comemorou nas redes sociais suas novas curvas, ao postar uma foto de lingerie. “Hoje já tenho uma barriguinha pra cuidar e estou me sentindo na minha melhor forma. Mais bonita do que nunca”, escreveu Sabrina.

Exames em dia

Para diminuir as chances de qualquer problema no início da gravidez, Hernadez lembra que as grávidas devem limitar a ingestão de cafeína, evitar saunas e termas nesta fase.  Além disso, lembra ele, as futuras mamães devem iniciar assim que sabem que estão grávidas o pré-natal e seguir todas as orientações do seu médico.

Por Gladys Magalhães 

Leia mais:

Agitação ou transtorno de ansiedade: Você sabe a diferença?

Adeus ansiedade e angústia! Veja 8 passos para te ajudar na amamentação

Muito stress durante a gravidez? Cuidado com a ansiedade pós-parto