Gravidez

Estudo mostra como o tipo de parto afeta as bactérias do bebê no futuro

O estudo foi realizado pela University College de Londres

Letícia Vaneli

Letícia Vaneli ,filha de Alcides e Eugênia

(Foto: Getty Images)

A revista científica Nature publicou na última quarta-feira, 18 de setembro, um dos maiores estudos sobre o microbiota de recém nascidos, o qual confirmou grandes diferenças entre a diferença entre os partos normais e cesáreas.

A pesquisa foi liderada pelo Dr. Nigel Field da University College de Londres, o qual analisou a microbiota de 596 bebês durante o primeiro ano de vida, revelou também que crianças nascidas por cesárea também apresentam maior risco de asma, alergias ou obesidade ao longo da vida. 

Os resultados mostram que a microbiota de crianças nascidas por cesariana são bem diferentes daqueles que tiveram o parto normal. Além disso, os resultados mostraram que os micróbios do ambiente hospitalar são mais abundantes e algumas são até resistentes a antibióticos. 

“Esses micróbios são oportunistas, embora não tenham por que causar uma infecção, existe esse risco se o sistema imunológico do bebê estiver debilitado ou se acabarem no órgão errado [como a corrente sanguínea]”, explicou Nigel sobre os micróbios hospitalares.

Nigel também afirmou que cerca de 30% da microbiota de bebês nascidos por cesárea é constituída por micróbios hospitalares, enquanto em partos normais é apenas 10%.

Aliás, os pesquisadores acreditam que o parto influencia possíveis complicações de saúde ao lango da vida. “Os principais estudos sobre o tipo de parto observaram que a cesariana aumenta o risco de asma e de alergias em cerca de 30%”, disse Field. Ele afirmou que mais pesquisas devem ser concluídas para que tenham certeza da conexão direta ou se é apenas uma correlação.

Naturalmente, as crianças devem receber essa microbiota, pois o sistema imunológico do bebê precisa distinguir quais são os micróbios saudáveis dos perigosos. Essa transferência ocorre durante o trabalho de parto, quando o bebê passa pelo canal vaginal da mãe. A microbiota das crianças começa a se equilibrar somente a partir do primeiro ano de vida das crianças. 

Fique por dentro do conteúdo do YouTube da Pais&Filhos:

Leia também:

Criança herda inteligência da mãe, diz estudo

Estudo mostra que gentileza e incentivo dos pais melhoram notas dos filhos 

Estudo revela que cerca de 20% dos pais são chamados de “ruins”