Gravidez

Fernanda Gentil desabafa sobre dificuldade de expor a gravidez: “Todo mundo tem opinião para dar”

A jornalista é mãe de dois filhos Lucas e Gabriel

Izabel Gimenez

Izabel Gimenez ,filha de Laura e Décio

Fernanda Gentil (Foto: Divulgação)

Fernanda Gentil, mãe de Lucas e Gabriel, precisou enfrentar uma fase difícil em sua primeira gravidez em 2015. Na época, a apresentadora topou o desafio e fez um quadro “Mamãe Gentil“, no Esporte Espetacular. A experiência foi divertida, mas teve seu lado negativo que trouxe muitas dificuldades para a gestação de Fernanda. Em entrevista à QUEM, a jornalista abriu o coração e fez um desabafo sobre a exposição que decidiu fazer.

“Fiz um quadro na minha gravidez chamado ‘Mamãe Gentil’, no Esporte Espetacular, que ao mesmo tempo em que foi a melhor coisa, foi a pior coisa da minha gravidez. (…) A pessoa grávida é igual a técnico da seleção, todo mundo tem um conselho e opinião para dar. Expondo da forma que fiz, recebi 15 vezes todos os pitacos do mundo”, relembrou.

Fernanda Gentil e o filho mais velho (Foto: Reprodução/ Instagram @fernandagentil)

“Não conseguia sair de casa sem o meu porteiro me dar um conselho. Virou um pavor minha gravidez, mas também nunca me senti tão útil prestando esse serviço de falar sobre os cuidados na gestação. Foi uma loucura para mim”, confessou.  A apresentadora, que deixou há pouco o time de esporte da Globo, explicou que tudo foi muito intenso e que decidiu que faria até a decupagem das entrevistas.  “Como era apenas o assunto mais importante da minha vida no momento, não entregava na mão de ninguém”, disse

Sobre a maternidade, Fernanda fez uma declaração emocionante. “Quer me elogiar? Fale bem de mim como mãe. Não precisa de me chamar de bonita, magra, nem nada. Me chama de boa mãe. A maternidade é o maior legado que eu posso deixar e é ela que me desafia todos os dias”

Madrinha que virou mãe 

Apesar de ser mãe de dois meninos, Fernanda só passou por uma gestação. Isso porque, a mãe biológica de Lucas, o mais velho, foi diagnosticada com câncer quando ele tinha 5 meses e acabou falecendo um ano depois. O pai biológico, Marcos, é por coincidência padrinho de Fernanda. Ela disse que mesmo com apenas 22 anos, solteira, ainda na faculdade e estagiando não o deixaria sozinho.

Fernanda Gentil fala sobre família e maternidade (Foto: Reprodução/Instagram @gentilfernanda)

Em uma entrevista para o canal de Thais Fersoza, Fernanda contou como tudo aconteceu e abriu o coração. Eu sempre pedi para ser madrinha dos filhos deles, eu só não sabia quando ia vir, eu sempre fui muito próxima dela… e pra mim ser madrinha era treinar para ser mãe” e que quando soube da morte de Adriana entendeu o que iria acontecer: “Quando eu voltei do velória dela, o Lucas tava em casa eu olhei pra ele e… pari… quando eu bati o olho nele, eu falei: entendi, beleza, ‘vamo’ embora.”, relembrou. “O Lucas me ensinou muito, eu não sabia que tinha esse gatilho desse amor naquele momento.” e completa: “Na verdade eu falo que ele é meu filho pelo amor que eu sinto por ele, mas eu nunca disse pra ele… enfim, eu sou sempre a dinda”

Leia também: 

Fernanda Gentil faz post emocionante em comemoração ao 11º aniversário do filho

História de adoção: “Não nasceu de nós, mas nasceu para nós”

Na casa da dinda: entenda a importância dos padrinhos