Fotógrafa captura parto raro e as imagens vão te deixar de boca aberta

Nova no ramo, Tatiana Antonucci pôde ver de perto esse momento tão especial. O nascimento do bebe empelicado foi único não só para ela, mas também para os médicos

Resumo da Notícia

  • Tatiana Antonucci, fotógrafa de partos, pôde capturar um parto empelicado
  • A experiência foi única não só para ela mas como para todos que estavam na sala
  • O parto empelicado acontece quando a bolsa não se rompe no momento do nascimento e o bebê nasce dentro do saco amniótico
  • Tatiana começou a fotografar após o nascimento de sua filha Alice
Em seu 10° parto, fotógrafa consegue capturar parto empelicado (Foto: Tatiana Antonucci / arquivo pessoal)

Já ouviu falar em parto empelicado? Tatiana Antonucci, mãe da Alice e do Gabriel, não só ouviu falar, como participou de um. A fotógrafa começou a atuar na área há apenas dois anos e no seu 10° parto fotografado já pôde ver de perto esse momento tão único. Em entrevista exclusiva à PAIS&FILHOS, ela conta toda história.

-Publicidade-

Tatiana foi contratada para capturar os primeiros momentos de vida do Gabriel, que aconteceu no mês passado, fevereiro, e foi surpreendida pelo parto empelicado. “Foi incrível! Um presente mesmo poder ver algo tão especial de pertinho e ainda poder fotografar…Ver frente a frente como ele fica dentro da barriga foi muito emocionante”, fala.

O evento não foi inédito apenas para Tatiana. Segundo ela, os médicos que estavam presentes também nunca tinham vivenciado a experiência de um parto assim, apesar de já estarem na carreira há muito tempo: “A pediatra falou que em 30 anos trabalhando com parto empelicado, foi o primeiro que viu sair completo. Foi muito bacana mesmo, uma experiência unica pra todos”!

-Publicidade-
Momento do parto (Foto: Tatiana Antonucci arquivo pessoal)

A mãe da Alice e do Gabriel conta que a inspiração para fotografar veio da família. “Quando minha filha Alice nasceu, há quase 3 anos atrás, eu adquiri minha câmera e comecei a fotografar ela. Ela que fez o amor pela fotografia brotar em mim. Um ano depois comecei a fotografar profissionalmente, e logo no início apareceu uma oportunidade pra registrar um parto, foi o nascimento da minha prima Vitoria.  Naquele dia, eu tive a certeza de que essa era a minha paixão. Amo fotografar famílias, mas os partos são a menina dos meus olhos”, finaliza.

O parto empelicado acontece quando a bolsa não se rompe no momento do nascimento e o bebê nasce dentro do saco amniótico. Apesar de raro, esse tipo de parto acontece mais frequentemente em cesáreas, mas também pode acontecer no parto normal, quando o bebê é prematuro, uma vez que o tamanho do saco aminótico é menor.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

 

-Publicidade-