Gravidez

Gwyneth Paltrow fala sobre sua depressão pós parto. Veja se você se identifica!

Estimado que mais de 25% de mulheres em todo mundo vão ter alguma forma mais séria de depressão

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

gwyneth familia

A atriz Gwyneth Paltrow é mãe de Moses, de 12 anos, e Apple, de 13 anos, e recentemente ela falou um pouco mais sobre os dias  seguintes ao nascimento de seu filho mais novo. “Eu estava tão eufórica quando Apple nasceu e presumi que o mesmo aconteceria com Moses mas… isso levou um tempo”, ela lembra. “Eu fui realmente para um lugar sombrio”.

Ela descreveu a depressão pós parto como “um lugar sombrio”.  Muitas mulheres passam por isso! Enquanto muitas mulheres tem alguma tristeza depois do parto, é estimado que mais de 25% vão ter alguma forma mais séria de depressão, de acordo com o Conselho Americano de Obstetras e Ginecologistas.

Existem, também,  mulheres que, logo depois de terem bebê, choram e sentem uma tristeza inexplicável, mas não significa que esteja sofrendo de depressão pós-parto. “Blues” significa tristeza em inglês e pode acontecer nos primeiros dias depois do parto. É comum que dure até duas semanas, com uma rede de apoio, paciência, compreensão e reajustes na rotina, a mulher vai se sentindo melhor e deixando essa melancolia para trás. Confira aqui nossa matéria sobre Blues Puerperal.

Veja depoimento de Gwyneth Paltrow :

“Um lugar sombrio”

A mãe de dois conversou com a sua própria mãe, Blythe Danner, no podcast Goop “Gwyneth x Blythe: mães e filhas”, revelando que ela se encontrou inesperadamente em um “lugar sombrio” depois do nascimento de Moses – sofrendo de depressão pós parto.

Isso foi especialmente surpreendente, Gwyneth disse, porque ela teve uma experiência muito mais fácil com o nascimento de seu primeiro bebê e supôs que sua segunda vez seria parecida.

“Eu acho que foi realmente chocante para mim porque eu nunca pensei que eu seria uma pessoa que sofreria com isso”, Gwyneth contou a sua mãe.

“Eu estava tão eufórica quando Apple nasceu e presumi que o mesmo aconteceria com Moses mas… isso levou um tempo”, ela lembra. “Eu fui realmente para um lugar sombrio”.

“Dolorosamente debilitada”

Essa não foi a primeira vez que a atriz e mãe compartilhou detalhes de sua luta pós parto. Escrevendo para seu podcast em 2010, ela estava ansiosa para compartilhar sua experiência e começar a falar sobre a situação que afeta tantos pais.

“Quando meu filho, Moses, veio ao mundo em 2006, eu esperava passar por outro período de euforia seguido de seu nascimento, assim como foi quando minha filha nasceu dois anos antes. Ao invés disso, eu me deparei com um dos mais sombrios e dolorosamente debilitantes momentos da minha vida. Por cinco meses eu passei por algo que hoje eu vejo como depressão pós parto. Desde então eu quero saber mais sobre isso”, ela acrescentou.

“Meu caso foi de um grau leve o suficiente para que eu não tivesse que ser hospitalizada”, ela contou ao programa Entertainment Tonight, “acho que existe muito tabu ao redor disso – e não deveria ser assim”.

Apple e Moses são filhos de Gwyneth com seu ex marido, músico e frontman da banda Coldplay. Agora, ela está noiva do produtor Brad Falchuck.

“Eu quase morri”

Então será que outro bebê está nos planos para Gwyneth, já que agora ela está comprometida novamente? É difícil de prever. Em 2013 ela conversou com o Mail on Sunday, e revelou que ela estava indecisa em relação à dar a seus filhos outro irmão, após ter tido um aborto devastador quando ela estava grávida de seu terceiro filho.

“Meus filhos me pedem para ter outro bebê o tempo todo e nunca se sabe – eu poderia ter mais um. Eu sinto falta do meu terceiro. Estou pensando nisso. Mas eu tive uma experiência muito ruim quando eu estava grávida do meu terceiro filho, que não deu certo e eu quase morri. Então eu estou pensando ‘estamos bem assim ou eu deveria voltar atrás e tentar novamente?’”.

Nós desejamos o melhor a ela, independentemente de sua decisão, e achamos brilhante que ela fale sobre esse problema tão importante que afeta tantas mães e pais.

Leia também:

Bebê em risco: pelo menos 1 em cada 14 mulheres fumam durante a gravidez 

5 curiosidades sobre gravidez de gêmeos 

Muito stress durante a gravidez? Cuidado com a ansiedade pós-parto