Gravidez

Laura Neiva compartilha tratamento para que as crises epilépticas não interfiram no trabalho de parto

A atriz está na reta final da gestação da sua primeira filha com Chay Suede

Letícia Rafael

Letícia Rafael ,filha de Alcides e Eugênia

A atriz engordou 11 quilos (Foto: Reprodução / Instagram)

Laura Neiva está organizando os últimos preparativos para receber Maria com tudo pronto, principalmente com o corpo e mente alinhados. Prova disso é a publicação que uma clínica de fisioterapia para gestantes, localizada no centro de São Paulo, fez nesta terça-feira, 12 de novembro.

Em foto, os responsáveis pelo estabelecimentos revelando que a atriz tem o desejo de um parto natural, porém por conta dos seus episódios de epilepsia, a equipe médica estava com medo de Laura desencadear uma crise durante o trabalho de parto, afetando o seu bebê. “As crises convulsivas aumentaram consideravelmente durante a gestação, fazendo toda equipe se questionar quanto a viabilidade e segurança em viver um trabalho de parto. O receio é que o estresse físico e mental pudesse desencadear uma crise intra parto. Então, ela passou por uma série de especialistas que foram otimistas e não contra-indicaram o parto normal, mas com algumas ressalvas: as crises na gestação devem estar controladas e o trabalho de parto deve ser conduzido de forma tranquila”, escreveram em legenda.

(Foto: Reprodução/Instagram)

Além de auxiliar o encaixe do bebê, melhorar as contrações e diminuir o tempo do trabalho de parto, eles também explicaram que as crises de epilepsia de Laura diminuíram bastante após darem inicio ao tratamento. “Na gestação, estamos conseguindo controlar as crises com acupuntura! Isso mesmo, depois da primeira sessão conseguimos 4 dias sem crises, e na sequência foram 17 dias (ela tinha crises diárias). E assim vamos.. rumo a chegada da Maria”, finalizaram.

Crises durante a gravidez

A futura mãe descobriu a epilepsia há alguns anos. “Descobri que sou epilética há sete anos. Estava com o meu ex-namorado [o apresentador Felipe Solari] em casa e tive uma convulsão. Ele me levou para o hospital e fui diagnosticada como epilética congênita”, contou.

Apesar disso, Laura tem crises de ausência e na gravidez ela não chegou a ter muitas. “Tive pouquíssimas convulsões durante a gravidez, mas crises de ausência tenho toda semana, enquanto não grávida tinha uma vez por mês”, explicou.

Os primeiros meses, Laura está tendo muito enjoo.”Não vou chamar de difícil porque, ouvindo os relatos de outras grávidas, não tenho coragem. Mas é muito chato você ter enjoo e vomitar todo dia, ficar com azia e sentir sono o dia inteiro, estar mal-humorada”, disse.

A atriz afirmou que o momento é incrível, mas ainda está se adaptando. “Acho divertido ter um bebê se mexendo dentro de mim. Sei que vou amá-la, não tenho a menor dúvida, mas ainda não posso dizer ‘amo minha filha’, é uma construção do dia a dia. Tem gente que tem essa sensação de criar laços logo no início. Para mim, acho engraçado e prazeroso o momento. Estou curtindo cada dia, cada avanço.”

Leia também:

Laura Neiva conta que não dará carne para a filha: “Nem considero alimento”

Laura Neiva conta qual é a data limite do nascimento da filha e fala sobre escolha do parto

Laura Neiva abre o jogo sobre mudanças no corpo e conta quantos quilos engordou