Mãe causa polêmica após admitir que gosta de tomar bebidas alcoólicas durante a gestação

Zola, mãe de 4 crianças, está no 7º mês da quinta gestação e confessou que bebeu vinho e cerveja durante todas as gravidezes

Resumo da Notícia

  • Mãe de 4 filhos, Zola está no 7º mês de sua quinta gestação, e confessou que prefere tomar vinho, cerveja e champanha do que outras bebidas
  • Ela esclareceu que está cansada dos ataques que sofre e que ela está muito saudável e seu bebê também
  • Zola contou que os garçons do bar se recusaram a servir uma bebida para ela por causa da gravidez
Zola está esperando seu quinto filho e admitiu que costuma tomar bebidas alcoólicas durante a gravidez (Foto: Reprodução / The Sun)

Uma mãe causou polêmica ao contar que costuma consumir bebidas alcoólicas durante a gravidez. Mãe de 4 filhos, Zola está no 7º mês de sua quinta gestação, e confessou que prefere tomar vinho, cerveja e champanhe do que outras bebidas.

-Publicidade-

Em entrevista ao The Sun, ela conta que costuma consumir bebidas alcoólicas durante todas as gestações e que não é a primeira vez que enfrenta julgamentos e comentários horrorizados. Também em entrevista ao veículo, ela esclareceu que está cansada dos ataques que sofre e que ela está muito saudável e seu bebê também.

“É meu corpo, meu bebê e minha escolha. Já estou sofrendo julgamentos da minha filha mais velha, Ella. Se eu bebo uma taça de vinho em casa, ela me diz que sou louca e conversa comigo sobre gravidez e bebida“, diz a mãe ao The Sun.

-Publicidade-

Zola contou que, quando estava esperando seu terceiro filho, os garçons do bar se recusaram a servir uma bebida para ela por causa da gravidez. “Fui ao bar e minha barriga estava aparecendo e recusaram a me entregar o copo quando eu pedi uma dose de prosecco”, conta. “Fiquei horrorizada, me senti julgada e condenada por algo que não era crime”.

Zola e os 4 filhos (Foto: Reprodução / The Sun)

Os médicos recomendam que as gestantes não consumam bebidas alcoólicas durante a gestação, porque isso pode causar complicações e consequências para o bebê. Porém, Zola não acredita nisso. “Se eu quiser beber uma taça de vinho, eu irei beber e ninguém poderá me impedir”, afirma.

“Estou muito cansada da pressão exercida sobre as mulheres grávidas para que elas sejam perfeitas. É hora das pessoas pararem de julgar. Não tenho medo de admitir que sempre gostei de beber vinho durante as minhas cinco gestações. Todos os meus filhos estão saudáveis”, ela conclui.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-