Gravidez

Mãe compartilha sua história com o filho e texto bomba nas redes: “Existem perrengues, mas você estará apaixonada”

Emileine Zarpellon Ehlers contou detalhes da experiência após o nascimento do Max e muitas mães se identificaram

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Mãe de primeira viagem conta como foi os primeiros dias do pós-parto (Foto: Reprodução/ Facebook)

Mãe de primeira viagem conta como foi os primeiros dias do pós-parto (Foto: Reprodução/ Facebook)

* por Rhaisa Gaz Trombini, filha de Edileyne e Geraldo

Emileine tem 38 anos e no dia 11 de setembro ganhou seu primeiro filho, Max. A publicitária contou como foi seu puerpério, período após o nascimento do bebê. Ela e o marido queriam aproveitar o momento só os três, então dispensaram a ajuda das respectivas mães e embarcaram nessa aventura sozinhos.

O casal tentou de todas as formas engravidar, mas era apenas uma questão de tempo para acontecer. “O Max foi muito desejado. Tentamos inseminação artificial, mas não deu certo. O próximo passo seria a fertilização in vitro. Mas antes tiramos férias, relaxamos, e engravidei.”

Sua gravidez foi tranquila, ela estava muito feliz e aproveitando cada momento. No final da gestação, ao invés de se preocupar com os problemas que poderia ter, a publicitária já começou a ler livros para saber como seria o pós-parto. “A gente tem um imaginário de gravidez de que é tudo difícil, de que vai ter muito problema, preocupação com a formação da criança, risco de perder o bebê. O tempo foi passando e me fez ficar mais feliz com a gestação. O obstetra confirmava: ‘Ele está superbem, vocês estão ótimos”

Depois do parto, Emileine permaneceu no hospital cuidando de sua pressão baixa, mas sua maior felicidade foi ter leite depois de apenas 4 dias como mãe. Max sempre mamou direito, mas ela sentia um pouco de dor, que só foi passar depois d