Mãe dá à luz bebê de quase 6kg após 24h em trabalho de parto: “Médicos achavam que eram gêmeos”

Amber Cumberland teve uma gravidez complicada devido ao tamanho da filha, que nasceu saudável após uma cesárea

Resumo da Notícia

  • Mulher deu à luz bebê de quase 6kg após 24h em trabalho de parto
  • Amber Cumberland teve uma gravidez complicada devido ao tamanho da filha
  • A bebê nasceu saudável, com 37 semanas e 5,34 kg

No Reino Unido, a bebê Emilia nasceu com quase 6 kg e chamou a atenção da equipe médica do Hospital em Oxford. Amber Cumberland tem 21 anos e passou 24 horas em trabalho de parto até dar à luz uma menina, que  já se tornou o segundo maior recém-nascido do País.

-Publicidade-
Mãe dá à luz bebê de quase 6kg  (Foto: Reprodução / Daily Mail)

Amber conta que durante a gravidez, os médicos acreditavam que ela estava esperando gêmeos. “Os médicos pensaram que eram gêmeos durante a gravidez porque minha barriga era muito grande, embora só pudéssemos ver um nos ultrassons”, disse ao Daily Mail.

O pai da bebê também acompanhou o parto cesárea da filha. “Durante a cesariana, foram necessárias duas pessoas para retirá-la e uma para segurar todo o resto”, contou Scott Joy,  parceiro de Amber e pai de Emilia.

Gravidez

Amber diz que no terceiro trimestre da gestação ela começou a notar que a barriga estava crescendo muito rápido, o que lhe causou complicações dolorosas. “Minha barriga era tão grande que eu tinha muitas estrias. Minha pele estava tão fraca por ter sido esticada que ela chegava a sangrar se eu me levantasse rápido demais”, contou.

Mulher dá à luz bebê saudável de quase 6kg – médicos achavam que eram gêmeos (Foto: Reprodução / Daily Mail)

Ela também sofreu com dores nas costas e pernas por conta do peso de da barriga. “Eu também tinha ciática terrível e nervos doloridos nos quadris e nas pernas por causa do peso da bebê e não conseguia nem rolar na cama sem Scott para me ajudar”, lembra.

Parto

Amber estava sem dilatação para um parto normal, por isso o parto durou cerca de 24h. “Eu cheguei a oito centímetros de dilatação e não não consegui ir mais longe – se a bebê não descesse mais, os médicos não seriam capazes de fazê-la subir de volta e ela teria ficado presa”, lembra.

Então, após aumentar a dilatação, os médicos resolveram fazer uma cesárea. “Durante a cesariana, foram necessárias duas pessoas para retirá-la e uma para segurar tudo para retirá-la”, lembra. A bebê nasceu saudável, com 37 semanas e 5,34 kg. “Toda a roupa que trouxemos não coube nela, mas felizmente tínhamos algumas roupas sobressalentes de 0 a 3 meses embaladas e a equipe do hospital teve que procurar fraldas maiores em pediatras para nós”, conta

A mãe diz que a bebê chamou atenção de toda a equipe médica do hospital , que inclusive, tiraram fotos. “As enfermeiras do hospital até ficavam mais tempo para ver o peso do bebê e tirar fotos com ela porque ela era muito grande”, diz. Agora Amber tenta se ajustar para a amamentação. “Nós dois estamos muito felizes com nossa linda garotinha”, disse.