Gravidez

Mãe dá à luz quadrigêmeos sem precisar de fertilização in vitro e confessa: “Fiquei aterrorizada”

Os bebês vieram de quatro óvulos fertilizados separadamente

Izabel Gimenez

Izabel Gimenez ,filha de Laura e Décio

(Foto: Daily Mail/Bruce Adams/Reprodução)

Um casal britânico de Manchester, que já tinha filhos de casamentos anteriores, decidiu que só aumentaria a família quando começaram a ficar juntos em 2012. Faith e Callum deveriam ganhar apenas um irmão, mas acabaram ganhando quatro. Roman, Aston, Amelia e Sofia nasceram em 2015 para surpreender os pais.

Katalina, 31, e Matt, 33, ficaram superfelizes quando souberam que Kat estava grávida. Como ela tem ovários policísticos, os médicos acreditavam que Kat teria dificuldades na gravidez. A mãe, que precisou diminuir as doses de medicação e passou meses tentando engravidar, nem poderia imaginar que seria mãe de quatro. 

Quadrigêmeos com a mãe em ensaio (Foto: Reprodução/The Sun)

Como estava sentindo algumas dores, ela resolveu ir ao médico, que pediu alguns exames de sangue. “Então, alguns dias depois, fui de férias por uma semana para a Espanha. Os médicos me ligaram quando voltei com os resultados do meu exame de sangue. Eles me disseram que eu tinha que voltar rápido ao consultório – meus exames de sangue mostraram algo incomum” disse ao The Sun.

Na sala de ultrassom, a única preocupação era em relação ao útero e sobre a possibilidade de não conseguir mais ser mãe ou sobre os batimentos de um possível feto. Mas a médica olhou para ela e disse: Eu vi três bolsas gestacionais, possivelmente quatro” e a única reação de Katalina foi chorar. Ela não estava acreditando que seria mãe de quadrigêmeos

Imagem do ultrassom dos quadrigêmeos (Foto: Reprodução/The Sun)

Kat não acreditava ter capacidade e estruturas para ter quatro bebês: “Eu poderia realmente lidar com quatro bebês?” Os médicos até disseram que ela poderia escolher ter apenas dois gêmeos, já que era arriscado para as crianças e para mãe prosseguir com a gravidez quádrupla.

Era um caso raro, ela engravidou com quatro óvulos fertilizados separadamente. Geralmente, os quadrigêmeos são concebidos naturalmente através de um ou mais embriões que se dividem. A gestação correu bem até a 30°semana com os tradicionais enjoos do primeiro trimestre, quando a barriga já aparentava de 5 meses.

Kat foi internada no Hospital St. Mary, em Manchester, no início de 2015, quando estava com 27 semanas de gravidez e ficou em repouso para evitar que os quadrigêmeos nascessem prematuramente. Apesar de todo repouso, eles nasceram quando a mãe completou 30 semanas, através de uma cesárea, que estava marcada para 32°semana. 

Os bebês nasceram saudáveis e quando os pais os levaram para casa descobriram que cada uma deles tinha sua própria personalidade. Todos vieram de óvulos, bolsas e placentas diferentes. A família relata que cada um deles custou 200 libras (moeda do Reino Unido, equivalente a aproximadamente mil reais) por semana em fraldas e leite, já que Kat não produzia o suficiente para todos. 

Kat e Matt ainda não eram oficialmente casados quando os irmãos nasceram. Na cerimônia do casamento, os quadrigêmeos foram os pajens e as daminhas. “Não são muitas noivas que podem dizer que tinham quadrigêmeos em seus casamentos. Foi incrível tê-los ao nosso lado enquanto trocávamos nossos votos.”

Os quadrigêmeos como daminhas de honra e pajens no casamento dos pais (Foto: Reprodução/The Sun)

“Matt e eu queríamos ter outro bebê, mas nunca havíamos imaginado ter outros quatro. Nossa família está definitivamente completa agora. Nós não vamos tentar outro bebê de novo. Quatro são mais que o suficiente para lidar com isso”, completa a mãe.

Quadrigêmeos ainda recém nascidos com pai e mãe (Foto: Reprodução/The Sun)

Leia Também: 

Mulher de 25 anos dá à luz sete bebês em parto normal

Após sofrer 3 abortos, mãe dá à luz gêmeas aos 50 anos 

Confira as fotos dos partos mais surpreendentes de 2018