Mãe de gêmeos diz que foi aconselhada a abortar um dos filhos que nasceria com síndrome de Down

Grávida de meninos gêmeos, Lizeth Breaux contou que, ao descobrir que um dos filhos tinha Síndrome de Down, o próprio médico tentou ‘assustá-la’ em encerrar a gestação de um dos filhos

Resumo da Notícia

  • Grávida de gêmeos os médicos tentaram convencê-la a abortar um dos bebês que havia desenvolvido síndrome de Down
  • A mãe ficou cansada da insistência dos médicos, mas perdeu a fé e disse que carregaria o pequeno August até não haver mais batimento cardíaco
  • Ambos os irmãos estão bem, e a mãe, Lizeth Breaux, disse que foi a melhor decisão que tomou na vida

Mãe de gêmeos alegou que médicos que estavam acompanhando a gravidez tentaram convencê-la a abortar um dos filhos porque um dos meninos provavelmente desenvolveria a síndrome de Down durante a gestação. Segundo o Daily Mail, Lizeth Breaux, de 37 anos, da Califórnia, estava na 12ª semana quando os doutores determinaram que um dos bebês provavelmente teria uma condição genética.

-Publicidade-

A mãe alegou que durante a gravidez os profissionais ficaram tentando convencê-la em abortar um dos irmãos por ser portador de uma deficiência e dizendo que ela com certeza ainda sairia com um bebê. E era constantemente avisada de que um dos filhos seria ‘quebrado’.

Ainda com toda a pressão, a desafiadora Lizeth decidiu manter ambas as crianças. “Era muito surreal quando eu recebi a notícia de que um dos nossos bebês tinha síndrome de Down”, contou ela. “Eu não sabia nem no que pensar”, adicionou.

-Publicidade-
August desenvolveu síndrome de Down durante a gravidez (Foto: Reprodução/ Daily Mail)

“Eu estava com sentimentos mistos em relação a como eu me sentia. Às vezes eu acordava bem e tinha aceitado a situação e outras vezes eu ficava doente de preocupação sobre como seria o futuro do pequeno. Eu estava mortificada”, disse.

“Depois as propostas de terminar a gravidez dele chegaram com tudo. Era extremamente difícil de ouvir aquelas palavras, ainda mais com inúmeros médicos me aconselhando a tomar essa decisão”, contou a mãe de gêmeos. “Todas as nossas consultas médicas eram focadas no que August não poderia fazer e como sua vida seria difícil por causa da condição genética”, contou Lizeth.

A mãe insistiu que ela nunca pendeu para terminar a gravidez, mas os médicos ficavam apontando as dificuldades de August e a fizeram questionar essa decisão. “Eles ficavam me dizendo ‘Você pode manter o irmão dele, você ainda vai acabar com um bebê”, evidenciou a mãe.

A mãe já estava cansada da insistência dos médicos (Foto: Reprodução/ Daily Mail)

“Eles me fizeram acreditar que quando ele nascesse ele seria ‘quebrado’, mas August é uma criança normal com algumas complicações”, afirmou. Os médicos continuaram insistindo na ideia de terminar a gravidez até que chegou um ponto que o bebê com a síndrome parou de crescer e os médicos e afirmaram que o menino não iria resistir, mas ainda assim Lizeth não perdeu a fé.

“Foi como se eles estivessem me dando mais um motivo para abortar”, contou. Ela ainda adicionou que no final da gestação ela falou para os médicos que até ela parar de ouvir o coração dele batendo ela não queria mais ouvir que ele não resistiria.

Os dois meninos estão bem (Foto: Reprodução/ Daily Mail)

Os dois meninos nasceram e August não tem nenhum problema cardíaco, apesar de ter algumas dificuldades respiratórias, mas os meninos, segundo Lizeth estão melhores do que nunca. “É normal ficar aterrorizada e sentir que não vai ficar tudo bem. Nós somos feitas para qualquer criança que nos é dada e somos fortes o suficiente para tudo. Não podemos ser forçadas a nada”, concluiu a mãe de dois.

App Pais&Filhos

Tem novidade na área: o novo aplicativo Pais&Filhos Interativo! Agora você pode ler conteúdos exclusivos, feitos com muito carinho pela equipe da redação da Pais&Filhos com toda a credibilidade, comprometimento e bom humor de sempre, e ainda testar seus conhecimentos sobre os principais assuntos do universo da parentalidade.

Já que ninguém cria filho sozinho, a Pais&Filhos se enxerga como parte da sua rede de apoio e para isso, disponibilizamos no aplicativo informações de qualidade sobre todas as fases da vida da criança, seja você pai ou mãe, grávida, ou até mesmo se você ainda for tentante.

Além disso, a plataforma ainda oferece quizz de perguntas e respostas para você testar seus conhecimentos sobre os mais diversos assuntos deste universo. Ao fazer o teste, você acumula pontos, e de quebra pode trocar por prêmios.

Pais&Filhos interativo está disponível para iOS e Android, basta acessar a PlayStore ou a Apple Store direto do seu celular, baixar e fazer seu cadastro.

-Publicidade-