Gravidez

Michelle Obama faz discurso emocionante sobre aborto que sofreu: “Me senti perdida e sozinha”

Mulheres se identificaram com a fala da ex-primeira dama

Nathália Martins

Nathália Martins ,Filha de Sueli e Josias

michelle-obama

A ex-primeira dama em seu lançamento do livro, na Califórnia (Foto: Willy Sanjuan/Invision/Associated Press)

Em seu novo livro “Minha História”, Michelle Obama revela que sofreu um aborto espontâneo na sua primeira gravidez. A ex-primeira dama dos EUA lutou contra a infertilidade e passou pela fertilização in vitro para conceber as duas filhas, Malia e Sasha de 20 e 18 anos. Em uma entrevista ao Good Morning America, ela diz que se sentiu “perdida e sozinha” e um fracasso após esse acontecimento.

O que torna a história dela tão notável não é o problema de fertilidade em si, mas sim o fato de que agora ela está falando sobre um assunto importante e não muito discutido, abrindo portas para milhões de mulheres do mundo todo que passaram pelo mesmo caminho, mas que nunca tiveram coragem de falar abertamente.

Ainda no Good Morning America, Obama fez declarações importantes:”acho que é a pior coisa que fazemos um ao outro como mulheres, não compartilhar a verdade sobre nossos corpos e como eles funcionam e como eles não funcionam”.

Sua nova disposição para discutir a luta, que anteriormente foi secreta, pode lançar um novo holofote sobre a questão de infertilidade e o grande custo emocional e financeiro de passar por tratamentos médicos para ter um bebê.

Leia também:

Michelle Obama relembra dificuldade para engravidar: “Não sabia como eram abortos” 

Malia Obama, filha mais velha de Barack Obama, dá exemplo e consegue um estágio para as férias de verão 

Michelle abre o jogo e fala sobre crise no casamento com Obama