Mitos e verdades sobre os sintomas de gravidez de menino

De acordo com algumas superstições, estes sintomas da gravidez podem significar que você está esperando um menino. Consultamos especialistas médicos para saber se realmente há alguma verdade nessas superstições

Resumo da Notícia

  • Descobrir o sexo do bebê é uma das partes favoritas das mães durante a gravidez!
  • Entretanto, existem algumas superstições antigas que acabam sendo consideradas como verdades absolutas
  • Listamos o que é de fato mito quando se trata do sexo da criança

Há muitas coisas maravilhosas sobre a gravidez , como por exemplo conhecer frente a frente o seu filho. Mas com certeza uma das etapas mais divertidas e emocionantes é tentar adivinhar o sexo do bebê, não é verdade? Ao longo dos anos, muitas superstições que alegavam apontar para um sexo ou outro foram transmitidas para as gerações mais novas. Mas será que realmente existe alguma verdade nelas?

-Publicidade-

A revista Parents  listou algumas maneiras “populares” de descobrir o sexo da criança e, em contrapartida, consultou especialistas da área médica para descobrir  o que é mito e o que é verdade. Hora da revelação!

 

Ela recebeu apoio dos internautas
Ela recebeu apoio dos internautas (Foto: Getty Images)

Bebê abaixo do abdômen

De acordo com esta lenda, se você está carregando o bebê nesta posição, mesmo antes da tão esperada “queda” do abdômen, que ocorre durante o final do terceiro trimestre, você pode estar grávida de um menino. Porém, de acordo com Kameelah Phillips, ginecologista e obstetra da Calla Women’s Health, centro médico em Nova York, isso não significa necessariamente que o seu bebê seja um menino. “Realmente [a queda do abdômen] depende da posição do bebê e do número de filhos que você teve, o que afeta principalmente a aparência do abdômen e do útero.”

Ganhando quilos na barriga

As pessoas podem notar que você está grávida só por estar de costas? Se este foi o seu caso, você pode estar esperando um menino. “Mais uma vez, não é assim realmente”, diz a Dra. Phillips. “Isso está principalmente relacionado ao tamanho e forma da mãe, ao invés de um gênero específico.”

Parceiro perdendo peso

Se apenas seu parceiro está perdendo peso , de acordo com esse mito, existe uma boa chance de estar grávida de um garoto. Segundo a dra. Philips, essa informação também não aponta para um gênero específico.

Pele limpa

A sua pele está brilhando ou a sua gravidez está infectada por uma acne que pode rivalizar com a época da sua adolescência? Como diz o ditado, “as meninas roubam sua beleza.” Então, se você realmente está com aquele brilho de grávida, esta superstição aponta para a presença de um menino. “Frequentemente, a pele brilhante está associada a um menino, mas provavelmente está relacionada a um aumento no fluxo e no volume sanguíneo”, afirmou a médica. Está enfrentando acne na sua gestação? Saiba mais sobre e como tratar o problema.

Enjoo matinal fraco

Um pouco de enjoo é normal para todas as mulheres grávidas, mas se os seus forem mais “tranquilos” é possível que você esteja esperando um menino. De acordo com estudos recentes apurados pela Parents, 80% das mulheres experimentam certa quantidade de náuseas e vômitos durante a gestação, independentemente do sexo do bebê. O seu enjoo é intenso? Veja como aliviar  durante a gestação de uma maneira simples.

Urina amarelo fosco

De acordo com essa superstição, basta verificar a cor da sua urina  para obter uma pista sobre o sexo do seu bebê. Amarelo brilhante? Você pode estar carregando uma menina, enquanto uma tonalidade mais opaca pode indicar um menino. De acordo com  “A cor, o cheiro e o volume da urina variam ao longo do dia, e com a hidratação e dieta. Como as demais, não existe relação entre a urina e o sexo do seu bebê. É mais comum estar relacionado a fatores como ingestão de líquidos, presença de infecção e uso de vitaminas. ” Apesar a comprovação, muitas mulheres fazem o teste por brincadeira – veja aqui alguns que você pode testar em casa.

Pés frios

Se você acha que os seus pés estão mais frios do que o normal, esta antiga superstição diz que talvez possa estar esperando um menino. Porém, é importante ressaltar que as mudanças de temperatura são provavelmente devido as flutuações hormonais que acontecem durante a gravidez. “As mulheres reclamam por sentirem calor e frio demais em qualquer momento da gravidez, então não é uma determinação confiável do sexo do bebê.”

Bebê com frequência cardíaca baixa

Ouvir finalmente aquele som incrível de batimentos, além de ser uma experiência preciosa na vida de uma mãe, este momento pode revelar o sexo do seu bebê. De acordo com esta superstição, os fetos masculinos supostamente têm uma frequência cardíaca de 140 batimentos por minuto ou mais lenta, enquanto o coração das meninas batem um pouco mais rápido, a 140 batimentos por minuto ou mais rápido. Embora algumas fontes sintam que há alguma verdade nesse assunto, estudos recentes não encontraram verdade.

Será que vem menino aí? (Foto: Shutterstock)

O que a ciência diz?

A ansiedade para descobrir o sexo do bebê é grande e sabemos o quanto podemos nos divertir com os contos populares. No entanto, vamos colocar as velhas histórias de lado e entender o que cientistas dizem a respeito do assunto:

Triagem NIPT: Por volta da décima semana de gravidez, a gestante terá uma oferta de triagem genética abrangente: um teste pré-natal não invasivo (NIPT), um exame de sangue para detectar qualquer anormalidade no feto. O sexo da criança será incluído no relatório do exame fornecido pelo médico.

Exame Translucência Nucal (TN): A outra opção para saber o sexo do bebê é no exame translucência nucal, por volta da décima segunda semana de gestação. Isso é um ultrassom completo, geralmente feito em combinação com o exame de sangue NIPT, que rastreia diferentes marcadores de síndrome de Down, trissomia 13, 18 e outras anormalidades cromossômicas.

Ultrassom: O ultrassom ocorre entre a décima oitava e vigésima segunda semana de gestação. as semanas 18 e 22 de sua gravidez. Nela, haverá uma visão mais detalhada de cada centímetro da criança. E, na maioria dos casos, já é possível descobrir o sexo do filho.