Mulher considerada infértil dá à luz 4 horas depois de saber que estava grávida

Danielle Adams, de 28 anos, procurou o Hospital Royal Stoke depois de sentir fortes dores no estômago

Resumo da Notícia

  • Uma mulher que achava que não poderia ter filhos deu à luz no hospital quatro horas depois de saber que estava grávida
  • Danielle Adams, de 28 anos, procurou o Hospital Royal Stoke depois de sentir fortes dores no estômago
  • A britânica ficou em choque ao ouvir dos médicos durante o ultrassom que ela estava grávida de 9 meses

Parece enredo de filme, mas aconteceu na região de Staffordshire, na Inglaterra, no último dia 28 de novembro: uma mulher que achava que não poderia ter filhos deu à luz no hospital quatro horas depois de saber que estava grávida. Danielle Adams, de 28 anos, procurou o Hospital Royal Stoke depois de sentir fortes dores no estômago.

-Publicidade-
A família não esperava pela chegada da menina (Foto: Reprodução / Daily Record)

Pensando que estaria com prisão de ventre, a britânica ficou em choque ao ouvir dos médicos durante o ultrassom que ela estava grávida de 9 meses e a bebê deveria nascer no mesmo dia. “Achei que o médico estava me enrolando. Quando ele finalmente me convenceu, comecei a chorar. Fiquei muito feliz – foi muito impressionante.Não pensei que pudesse ter filhos, por isso foi mais chocante. Ela é um milagre total para nós”, conta a mãe em entrevista ao Daily Record.

A família não esperava pela chegada da menina (Foto: Reprodução / Daily Record)

Danielle foi levada às pressas para a sala de cirurgia, onde passou por uma cesárea de emergência para dar à luz a pequena Maisie-Rose Moore, que nasceu saúdavel.“Quando eu a segurei pela primeira vez em meus braços, eu estava deitada e eles a colocaram no meu peito. Foi simplesmente incrível. Lembro-me de me virar e dizer ‘Eu tenho uma menina’.Foi a melhor sensação do mundo, ela nos completou e nos fez uma família. Ela uniu nossas vidas”, diz a britânica.

Depois de toda essa aventura, ainda era hora de contar para Stuart Moore que ele havia acabado de virar pai. Ele não foi autorizado a assistir o parto por conta da pandemia. Em entrevista, ele conta que teve que mandar fotos e pedir para que os médicos falassem com os parentes para que todos acreditassem.

E como Danielle não sabia que estava grávida? A britânica conta que não sentiu chutes ou inchaços, e que atribuiu o ganho de peso à quarentena. A única coisa diferente, diz ela, foi uma súbita vontade de comer croissants!“Não esperávamos ter filhos, então não havia nada que estivéssemos realmente olhando. Nossas vidas mudaram completamente”, finaliza.