Mulher considerada infértil descobre gravidez após usar “copo de concepção”: entenda

Prestes a realizar uma Fertilização In Vitro, Jodie leu um artigo na internet enviada por uma amiga e decidiu tentar um método diferente em casa

Resumo da Notícia

  • A mulher e o noivo tentaram engravidar por um ano
  • Eles tomaram um susto ao descobrir a gravidez
  • A nutricionista descobriu a técnica a partir de uma amiga

Jodie Relf, uma mulher diagnosticada com infertilidade, tomou um susto quando descobriu a gravidez após usar um “copo de concepção”. Semelhante a um coletor menstrual, o acessório é usado para “manter” o sêmen no lugar logo após uma relação sexual.

-Publicidade-
Eles tentaram engravidar por um ano (Foto: reprodução / Instagram @balanced_jo)

A nutricionista, de 33 anos, e o noivo, Anthony, de 34 anos, tentavam engravidar por um ano quando um médico disse que eles não poderiam ter filhos sem a realização de uma Fertilização In Vitro. “Fiquei absolutamente arrasada quando o médico me ligou. Nunca esquecerei essas palavras, quando me disseram que eu não seria capaz de conceber naturalmente”, contou Jodie em uma entrevista ao jornal britânico, Daily Mail.

Após várias consultas na clínica de fertilidade, eles decidiram que voltariam em abril para realizar a FIV. Durante este período, por conta da pandemia do novo coronavírus, a consulta foi cancelada. Uma amiga próxima de Jodi, que também estava tentando engravidar, compartilhou um artigo sobre usar coletores menstruais para manter os espermatozóides “no lugar” depois da relação sexual.

-Publicidade-

Após resistir muito por saber que o uso do coletor menstrual não tinha essa finalidade, ela decidiu fazer uma tentativa após ganhar um copo de concepção em um concurso na internet, que é feito especialmente para isso. Após usar o copo durante um ciclo, ela descobriu em maio de 2020 que estava grávida e tomou um susto.

Jodie descobriu a técnica a partir de uma amiga (Foto: reprodução / Instagram @balanced_jo)

“Eu estava hesitante no início, mas era surpreendentemente fácil de usar. Venho de uma formação científica, então gosto de ter evidências concretas na minha frente. Com o copo de concepção sendo tão novo, não há muitas. Mas chegamos a um ponto em que não havia mais nada que pudéssemos fazer de nossa parte e estávamos dispostos a tentar. Eu sabia que não faria mal nenhum, então realmente não tínhamos nada a perder”, contou.

Durante seis dias, por 15 minutos, ela usou o copo após as relações. De acordo com o fabricante, o acessório pode aumentar as chances da gravidez em até 48%. É importante ressaltar que não existem evidências científicas de que copos menstruais possam ajudar na fecundação.

-Publicidade-