Gravidez

Mulher pratica pole dance até poucas horas antes de dar à luz

"Eu ouvia o meu corpo e, se eu me sentisse mal, estranha ou insegura, então não praticava"

Gabrielle Molento

Gabrielle Molento ,Filha de Claudia e Pedro

Mulher pratica pole dance até horas antes do parto (Foto: Reprodução/ Instagram @christina_poledanceluzern)

Mulher pratica pole dance até horas antes do parto (Foto: Reprodução/ Instagram @christina_poledanceluzern)

Christina Spirig, um instrutora de pole dance suíça, continuou a praticar o exercício físico até o último semestre de sua gestação – mais precisamente, até poucas horas antes de dar à luz à sua filha Jenyne. A mulher de 31 anos afirmou que a prática das aulas a ajudou a se recuperar rapidamente de seu complicado trabalho de parto.

Já mãe de um menino de 8 anos de idade, Christina foi contra a opinião de sua família e continuou a se dedicar à sua paixão pessoal mesmo com os conselhos e medos de seus familiares.

Christina Spirig continuou a praticar pole dance mesmo grávida (Foto: Reprodução/ Instagram @christina_poledanceluzern)

Christina Spirig continuou a praticar pole dance mesmo grávida (Foto: Reprodução/ Instagram @christina_poledanceluzern)

“Algumas pessoas estavam preocupadas que eu pudesse cair ou que estivesse colocando meu bebê sob um risco desnecessário, especialmente meus amigos mais próximos e família. Outras pessoas me elogiavam muito à respeito dos vídeos no Instagram e outras mulheres grávidas e praticantes de pole dance me pediam conselhos em alguns truques”, contou a mãe ao jornal The Sun.

Christine também contou que praticou pole dance apenas 2 horas antes de suas contrações começarem e que já estava praticando o esporte novamente sete semanas depois de ter sua filha, no mês de junho. Apesar disso, ela admitiu os riscos da dança no fim da gestação.

Mulher grávida pratica pole dance até momentos horas antes das contrações começarem (Foto: Reprodução/ Instagram @christina_poledanceluzern)

Mulher grávida pratica pole dance até momentos horas antes das contrações começarem (Foto: Reprodução/ Instagram @christina_poledanceluzern)

” A partir de meu quinto mês de gestação, quando minha barriga realmente começou a crescer, eu eliminei todos os truques que envolviam tocar a barriga no mastro e todas as quedas e piruetas”, contou.

A mãe e pole dancer disse que é muito importante se preocupar em fazer descidas sutis do mastro e evitar colidir a barriga durante a prática. Além disso, ela afirma que é importante saber que o exercício é mais indicado para quem já o praticava antes mesmo da gravidez.

Christina Spirig continuou a praticar pole dance mesmo prestes a dar à luz (Foto: Reprodução/ Instagram @christina_poledanceluzern)

Christina Spirig continuou a praticar pole dance mesmo prestes a dar à luz (Foto: Reprodução/ Instagram @christina_poledanceluzern)

“Às vezes era difícil aceitar que meu corpo estava mudando e ser feliz com tudo que funcionava e não funcionava enquanto eu estava grávida. No entanto, eu ouvia o meu corpo e, se eu me sentia mal, estranha ou insegura, então não praticava”, explicou.

Christina continuou fazendo pole dance de três a quatro vezes  por semana até estar com seis meses de gestação e então reduziu para 45 minutos por semana pelos meses restantes.

Leia também:

4 exercícios que ajudam a se preparar para o parto

Não para! Exercícios na gravidez só trazem benefícios

3 exercícios para aliviar as dores nas costas na gravidez