Mulher precisa devolver filha adotiva depois de pais biológicos mudarem de ideia

Sarah Howell e Chris já estavam com a bebê em casa quando receberam a ligação da família com a notícia

Resumo da Notícia

  • Sarah Howell e o marido Chris foram obrigados a devolver filha adotiva depois que pais biológicos mudaram de ideia
  • O casal já estava com a bebê em casa quando recebeu a notícia da família
  • Sarah e Chris estavam com muita dificuldade para ter filhos naturalmente, e por isso optaram pela adoção

Sarah Howell e Chris tiveram de devolver a filha adotiva depois que os pais biológicos da menina mudaram de ideia. O caso aconteceu nos Estados Unidos, e o casal estava com a bebê em casa há apenas 5 dias quando recebeu uma ligação com a notícia de que a família a queria de volta.

-Publicidade-

“Eu estava dando mamadeira para ela quando recebi a ligação”, relembrou Sarah, ao portal Metro. “Eu caí no chão de desespero. Ficava perguntando para o meu marido ‘Isso é uma piada, né? Me diga que isso é uma piada!'”. O casal descobriu que tinha apenas 1% de chance de ter filhos naturalmente e, por causa disso, decidiram adotar.

Sarah e Chris ficaram com a menina em casa por 5 dias (Foto: Reprodução/ Metro)

Sarah conta que os pais biológicos da bebê perceberam que tinham cometido um erro. Por causa disso, ela foi obrigada a devolver a filha para eles. “Dizer adeus doeu mais do que palavras podem descrever”, desabafou a mãe. “Realmente foi como se ela tivesse morrido para nós, porque sabíamos que nunca mais a veríamos outra vez”.

Sarah ainda contou como pôde se sentir no curto período de tempo que viveu com a filha. “Ela nos tornou pais”, declarou ela. “Ela nos ajudou a curar uma parte do nosso coração que a infertilidade quebrou. Ela me tornou mãe”.

Final feliz

Em 2017, anos depois de Sarah ter perdido a filha, ela e o marido se encaminharam para uma clínica de fertilização. Algum tempo depois, ela pôde conceber naturalmente o pequeno Noah – que veio ao mundo bem e saudável. Além dele, o casal posteriormente adotou Levi, de 1 ano, e um bebê de 2 meses.

Sarah conseguiu engravidar! (Foto: Reprodução/ Metro)

“Não temos nada contra os pais biológicos da bebê”, esclareceu ainda Sarah. “Se pudéssemos, diríamos que os amamos e que a criança teve muita sorte de ter pais como eles. Sei como isso me machucou, e pensei que nunca mais conseguiria amar uma criança de novo por causa da possibilidade de que ela não ficará comigo”, finalizou, enfim.

O casal possui 3 filhos agora (Foto: Reprodução/ Metro)