Mulher que esperou 20 anos para ser mãe dá à luz primeiro filho aos 50 anos: “Finalmente”

Chantel Chavez teve Nikolas em março. Ela e o marido Elenilson estavam tentando engravidar há 8 anos. Mesmo já tendo passado pela menopausa ela conseguiu carregar o bebê com bastante saúde durante a gestação

Resumo da Notícia

  • Chantel Chavez, de 49 anos, deu à luz, com segurança, Nikolas em março
  • Ela e o marido Elenilson, de 50 anos, estavam tentando engravidar há 8 anos
  • Mesmo já tendo passado pela menopausa ela conseguiu carregar o bebê com bastante saúde durante a gestação

Chantel Chavez, de 49 anos, deu à luz, com segurança, Nikolas, em março. Ela e o marido Elenilson, de 50 anos, estavam tentando engravidar há 8 anos. Mesmo já tendo passado pela menopausa, ela conseguiu carregar o bebê com bastante saúde durante a gestação, após doação de óvulo para Fertilização In Vitro.

-Publicidade-

A mãe disse que não se importa deles parecerem ser os ‘avós’ de Nikolas, o que importa é o amor pelo filho. “Eu esperei 20 anos para me tornar mãe. Eu sempre tive o sonho de segurar meu filho nos braços e eu ainda não consigo acreditar que isso finalmente aconteceu para nós”, diz.

O casal se conheceu online há 9 anos. Depois de 3 meses eles noivaram e logo depois do casamento decidiram aumentar a família. Elenilson já tinha filhos com 20 anos e 3 netos antes de Nikolas nascer. A dupla já sabia que a idade estava contra eles no processo de engravidar, mas no começo, Chantel estava determinada que a gravidez viria naturalmente.

Mulher que esperou 20 anos para ter filho deu à luz aos 50 anos (Foto: Reprodução/ Daily Mail)

Depois, segundo o Daily Mail, ela admitiu que não sabia o quanto a ‘idade estava contra eles’, o que fez com que a jornada para engravidar durasse muito mais, já que ela tinha o sonho de tudo ser natural. “Nós tentamos engravidar ativamente desde quando eu tinha 41 anos, esse é o meu único arrependimento”.

“Sempre nos disseram que não aparentamos a nossa idade, mas isso não significa que o nosso corpo internamente não corresponda a nossa idade verdadeira”, pontua a mulher que acredita que pessoas que querem engravidar aos 40 anos tem que olhar com mais razão para as opções.

O casal, infelizmente, sofreu um aborto espontâneo pouco tempo depois que começaram a tentar, quando Chantel tinha 42 anos. “Nós estávamos além de devastados. Pensávamos que tínhamos perdido a nossa única chance. Foi a época mais sombria da minha vida”.

Ela passou 8 anos tentando engravidar naturalmente até aceitar a doação de óvulos (Foto: Reprodução/ Daily Mail)

Quando ela fez 43 anos, ela consultou uma clínica de fertilização, que disse que não tinha a menor chance deles conseguirem fazer a Fertilização In Vitro com os óvulos dela. “Mas eu não queria aceitar isso”, disse. Só 5 anos depois, quando ela tinha 48 anos, ela decidiu usar óvulos doados para o FIV, porque o sonho de ser mãe era maior do que o meio que ela engravidaria.

E funcionou de primeira! Mesmo com os atrasos para o procedimento por causa da pandemia da covid-19. “Nós estávamos prontos, os voos agendados, mas veio a covid-19 e a nossa clínica fechou. Mas conseguimos fazer tudo em julho de 2020″. Chantel sabia que a gravidez dela era de alto risco por causa da idade, mas tudo correu bem.

O menino nasceu com um mês de antecedência, mas com bastante saúde, pesando 2,23kg no dia 5 de março. Feliz por realizar o sonho ela disse: “Eu nunca desisti dele. Eu sabia que um dia encontraria minha alma gêmea e teria um filho”. Chantel, que não considerou ter filhos o final dos 20 anos e depois não encontrou um homem com quem queria começar uma família, vai comemorar o aniversário de 50 anos em agosto com o filho que vai ter cinco meses.

Nikolas nasceu saudável após gestação de 8 meses (Foto: Reprodução/ Daily Mail)