Nathalia Dill monta enxoval online da filha: saiba como também fazer o seu à distância

Com dicas de ouro, a atriz compartilhou a consultoria que recebeu da Mommy’s Concierge durante a pandemia e compartilhou o resultado de todo o processo em entrevista exclusiva à Pais&Filhos

Resumo da Notícia

  • Nathalia Dill está à espera de Eva, fruto do relacionamento com Pedro Curvello
  • Com consultoria da Mommy's Concierge, a atriz escolheu o enxoval da primeira filha
  • Em entrevista exclusiva à Pais&Filhos, ela contou sobre todo o processo

Fazer o enxoval do bebê é um momento muito especial na família, inclusive quando cada detalhe é pensado com bastante carinho. Durante o isolamento, fica inviável a busca pelos itens nas lojas presenciais, mas com uma pitada de tecnologia e bons contatos, a vida pode facilitar (e muito!).

-Publicidade-
A atriz está esperando pela primeira filha (Foto: reprodução / Instagram @nathaliadill)

Para a atriz Nathalia Dill, que está esperando a primeira filha com Pedro Curvello, a gravidez acabou vindo de surpresa: “Eu já queria ser mãe e, antes da pandemia, estava me planejando para ficar grávida. Quando o isolamento começou, eu e Pedro ficamos na dúvida um pouco, pensamos de talvez adiar mais, porque esse é um momento tão incerto. Mas acabou que eu já estava grávida (risos). A notícia nos deixou muito felizes, foi uma onda de esperança renovada. A cada nova etapa é uma descoberta nova”, contou em entrevista exclusiva à Pais&Filhos.

Sobre a escolha do enxoval, a atriz passou por um mix de sentimentos: “Escolher o enxoval, as peças, é muito especial, me deixa imaginando como ela vai ser… Dá uma vontade ainda maior de conhecê-la (risos). E deixa tudo ainda mais concreto, aquela sensação de que está chegando”. Para ajudá-la nessa tarefa, Nathalia Dill optou pela Mommy’s Concierge, que atua com consultorias e personal baby shopper.

-Publicidade-

Quando Lory Buffala decidiu criar a marca, a inspiração surgiu a partir de uma necessidade que teve com o enxoval do filho: “Passava horas e horas pesquisando sobre o assunto e montei uma lista que eu achava que era mais completa possível! Fui às compras e comprei muita coisa errada, e é claro, em exagero. Logo depois me mudei para os Estados Unidos, onde eu comecei a conhecer as lojas e entender os produtos vendidos e o que era mais bacana comprar. No começo eu ajudava amigas e familiares a comprar o enxoval de bebê, porém uma foi indicando para outra e acabou de um hobby, virando um negócio”.

A Mommy’s Concierge atua com consultorias e personal baby shopper (Foto: Divulgação)

Nathalia Dill contou ainda que Pedro Curvello é muito presente em todo o processo e ama participar: “Ele participa de todos os processos, exerce a paternidade já de uma maneira presente. Foi engraçado quando começamos a ver o enxoval porque a gente precisa antever o que vai precisar, não dá para pensar depois (risos). Ele participa de todos os processos. Isso é muito importante porque cada vez mais temos que entender de tanto a mãe quanto o pai são responsáveis por aquela vida, por aquela pessoa que está chegando”.

É possível montar um enxoval à distância?

Sim! Nathalia deu uma dica importante para as outras mães que também irão fazer todo o processo à distância: “A ajuda da Lory foi muito legal. Eu recomendo que as pessoas pesquisem, conversem, falem com os profissionais ou com quem acabou de ter bebê, que pode dar uma dica. Acho que o mais desafiador é o planejamento, você antever o que vai precisar. Já é um momento muito novo, tudo é uma novidade. Eu não sabia bem do que ia precisar, do que era importante. Nesse ponto, me deu um alívio saber que teria ajuda para preparar o enxoval”.

Como funcionam as listas personalizadas?

Na definição da lista personalizada do enxoval, Lory explica que ela é adaptada para o perfil de cada mãe, a partir das necessidades, desejos, estilo de vida e orçamentos. Com a consultoria, são marcadas reuniões em que qualquer pessoa da família pode participar! “A reunião geralmente acontece com a mãe, e algumas vezes o marido participa também. Quando o marido participa da reunião é porque ele está interessado em ajudar no enxoval e participar nas escolhas”.

Lory Buffala, CEO da Mommy’s Concierge dá dicas de ouro para montar um enxoval à distância (Foto: Divulgação)

Vale a pena optar pela consultoria?

Para as mães que também não sabem por onde começar na busca pelo enxoval, Lory dá o conselho da consultoria, por ser um investimento na compra dos itens necessários (e sem exageros!) para o bebê: “A minha dica é você pesquisar antes uma consultoria para te ajudar, pois muitas vezes a princípio parece ser um investimento alto, mas ao final, além de você fazer as compras corretas para o seu estilo de vida e orçamento, você terá um grande benefício em descontos, afinal temos descontos exclusivos em várias marcas. Sugiro também você escutar as dicas que você vai receber e filtrar aquelas que vão ter mais a ver com seu estilo”.

O enxoval do primeiro filho é diferente do segundo?

Sim! “Para o primeiro filho, geralmente a mãe quer comprar tudo o que nós indicamos e também várias dicas de amigas, afinal ela está entrando em um novo mundo e não sabe como será o seu futuro. Já o planejamento do segundo enxoval é muito mais fácil, porque a mãe já tem experiência, sabe o que funciona ou não para ela, e existem muitos itens que a gente aproveita de um para o outro. As compras do segundo acabam sendo mais enxutas mesmo que sejam diferentes sexos”.

Na espera da chegada de Eva, Nathalia Dill tem praticado yoga e lido bastante sobre o assunto! (Foto: Reprodução / Instagram @nathaliadill)

Apesar da ansiedade para a chegada de Eva, Nathalia tem pesquisado muito sobre a gravidez, além de aliviar as tensões com o auxílio da yoga, dando a dica para outras mães que estão passando pelo mesmo. “Tanto a yoga quanto as leituras e as lives estão me ajudando a me preparar de uma maneira mais inteira para chegada da minha filha, entender como eu quero que esse momento seja. E, principalmente, me ajuda a não idealizar tanto a gravidez, o parto, a maternidade. Cada pessoa passa por todos esses processos de uma maneira, não tem certo e errado”, concluiu.

-Publicidade-