Gravidez

Pai desabafa após perder a esposa durante o parto dos filhos gêmeos

“Toda vez que eu os vejo, digo que a mãe deles os ama muito”, diz o pai das crianças

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Imagem ilustrativa (Foto: Getty Images)

No dia 29 de maio, Sara Sewald deu à luz gêmeos Charlotte e Ryan. Logo depois, ela passou por uma cirurgia delicada e decisiva. Infelizmente, a americana nunca mais acordou.

O namorado de Sara e pai das crianças, Dustin Sisneros, relembra que os médicos tinham mencionado um sangramento durante o parto. “Eles disseram para eu não me preocupar, que era normal e que estava tudo sob controle”, relembra.

Tudo começou quando Sara, um dia antes, fez um exame de rotina que detectou uma dilatação. Por isso, o médico disse que a cesariana deveria ocorrer logo na manhã seguinte.

“Nesse dia, acordamos muito animados. Nós nos abraçamos e nos beijamos antes de ela ir para a sala de parto. Eles a levaram, logo depois, eu entrei na sala também. Era o início de uma jornada incrível”, ele disse à emissora de TV KKTV.

Depois do parto, os médicos levaram Sara à UTI. Foi feita uma transfusão de sangue, ela recebeu oxigênio e foi sedada para passar pela cirurgia. Infelizmente, o procedimento teve complicações. “É difícil perguntar ou contar todos os detalhes do que aconteceu”, diz Dustin.

O irmão de Sara, Justin Spellman, disse que a irmã, de 26 anos, sofria de pré-eclâmpsia. Os médicos não foram capazes de conter o sangramento depois da cesárea.

Agora, Dustin está criando os filhos sozinho. A família mora na cidade de Colarado Springs, no estado do Colorado, EUA. Ele conta que quando tiveram a notícia de que seriam gêmeos foi um pouco assustador e muito emocionante ao mesmo tempo.

Desde a morte dela, Dustin pensa muito na mulher pela qual ele se apaixonou três anos antes. “Foi amor à primeira vista”, ele disse à KKTV. “Eu esperei um tempo para pedi-la em namoro, mas, desde o momento que eu a vi pela primeira vez, eu sabia que realmente gostava dela. Ela tinha um coração enorme”.

Dustin vai ao hospital todos os dias para visitar os bebês. “Meu coração se alegra toda vez que os vejo. Eu converso com eles, eles reconhecem a minha voz e abrem os olhos. São tão lindos e a Charlottle lembra muito a Sara”.

Os gêmeos filhos de Sara (Foto: Parents)

Manter a memória de Sara viva é uma das coisas mais importantes para Dustin agora. “Toda vez que os vejo, eu digo o quanto a mãe deles os amava. Eles sorriem de volta e é assim que eu sei que ela significa muito, que ela está nos observando e está no quarto conosco, bem ali. É tão maravilhoso. Eu farei a memória dela permanecer entre nós para sempre”, disse.

Os amigos mais próximos do casal tiveram a iniciativa de arrecadar fundos para a família. Até agora, conseguiram 37.000 dólares. “Como um pai solteiro, Dustin vai precisar de muito suporte dos amigos e da família para se recuperar emocionalmente e financeiramente”, escreveram na descrição do site que recebia as doações. “Nós rezamos pelo Dustin e por sua família nesse momento de dificuldade e qualquer ajuda é bem-vinda”.

“Sara teria sido uma ótima mãe”, afirma a mãe de Dustin ao The Gazette. “Ela trocou a sua vida pela vida dos gêmeos. Com certeza era o que ela teria decidido fazer se ela tivesse que escolher”.

Leia também:

5 curiosidades sobre gravidez de gêmeos

Gestação gemelar: conheça todos os tipos

Está preparada para ter gêmeos? Te contamos como é a gestação gemelar